Posts tagged ‘Sindicato’

setembro 2, 2018

Vídeo | Governador França no evento Sinafresp

Celebração dos 30 anos de fundação é prestigiada por Marcio França e deputados paulistas

 

Tags:
maio 23, 2016

[PodCast] Claudio Damasceno do Sindifisco Nacional fala à Band Rádio

Entrevista concedida à Rádio Bandeirantes

AspasANós temos diversas propostas, que já entregamos aos ministros anteriores e pretendemos entregar ao ministro Henrique Meirelles, que vão na linha de buscar recursos, mas, ao mesmo tempo de trazer a justiça fiscal para o nosso país. É porque a necessidade, de captar recursos, pela qual país passa hoje tem que ser também debatida sob o o prisma de quem deve pagar a conta.

JUSTIÇA FISCAL

É claro que a sociedade tem que pagar, todos nós temos que contribuir, mas, a grande verdade é que existem setores que pagam menos do que deveriam, muitas vezes sequer pagam, enquanto que a grande maioria, classe média, classe trabalhadora do país é que acaba suportando todo o ônus desse esforço.

read more »

novembro 16, 2015

No apagar das luzes, fundar uma Federação

Direção do Sinafresp, com menos de 60 dias para o fim do mandato, quer organizar entidade nacional com apenas três Estados, para competir com Fenafisco

dou19102015

Fonte: Diário Oficial da União

Tags:
novembro 6, 2015

[Eleições Sinafresp] Mensagem aos colegas aposentados

edu-montEduardo Monteiro*

Caros colegas aposentados,

Para que não haja dúvida sobre o que a chapa ‪#‎Atitude‬ pensa sobre os aposentados, lembro alguns detalhes que já constam do meu perfil na ‪#‎Atitude‬.

Quaisquer boatos de que nossa chapa admitiria a cessação de PR para os aposentados, ou a perda de quaisquer direitos, são totalmente infundados e mencionados com má fé. Formamos um grupo coeso e determinado a perseguir melhorias para todos. Acolhemos na formação da chapa colegas nos mais diversos estágios da carreira, com o objetivo de conhecer a fundo os problemas da classe, buscar soluções e, principalmente, fomentar a unidade de propósitos e ações, maior força a que podemos recorrer na luta pelos nossos justos pleitos […] Continue lendo

*Candidato a Diretor de Aposentados do Sinafresp pela Chapa 1 – Atitude

novembro 1, 2015

[Sinafresp] Momento de mudanças!

teo.seminariog3

Teo Franco

É hora de alterar a tática de jogo ou
continuar na lanterna da tabela do subteto dos Estados

Tenho acompanhado os informes das chapas concorrentes, bem como os comentários de vários colegas, tanto pessoalmente como pelas mídias sociais. Importante ressaltar a qualidade e competência das duas equipes candidatas para desempenhar o papel de representação sindical.

Penso que, vimos de um modelo de gestão um tanto desgastado, que pouco tem avançado no campo das negociações junto ao governo. Além disso, tem falhado a forma de relacionamento praticada pela direção do sindicato, com comunicação arcaica e demorada, sem falar no alto grau de centralização de poder. A Chapa 2, com vários simpatizantes e conselheiros da atual gestão, não me parece que irá mudar muita coisa.

Vejo na Chapa 1 #Atitute a possibilidade de mudança e inovação nestas áreas, com oxigenação de ideias e estratégias, além de energização dos AFR’s, requisito essencial para fortalecimento do Sinafresp.

A Chapa encabeçada por Alfredo Maranca é a minha esperança!

assinav

Veja a tabela do subteto

[MENU] Eleições Sinafresp 2015

abril 30, 2015

Alesp: Sindicato e associações conseguem acordo

Mesa assina termo de acordo salarial com entidades dos servidores

Depois de um processo de negociação rápido e bem coordenado entre a Mesa Diretora e entidades dos funcionários, o presidente Fernando Capez, o 1º secretário Enio Tatto e o 2º secretário Edmir Chedid assinaram o termo de acordo referente à Campanha Salarial de 2015. Participaram da cerimônia de assinatura, realizada nesta terça-feira (28), no salão nobre da Presidência, cerca de 30 funcionários, entre presidentes e diretores das entidades representativas dos servidores, Sindalesp, Afalesp e Aspal, ocasião que Capez declarou:

[…] queremos deixar um legado de alguém que trabalhou e melhorou esta Casa, que reconheceu os funcionários […]”

Tatto parabenizou a todos pelo acordo bem sucedido, destacando a boa vontade, principalmente do presidente Capez, que tem uma postura voltada ao bem da Assembleia:

Se temos empenho e dialogamos, as coisas acontecem. É preciso investir no funcionário, dando plenas condições de trabalho […] Saiba mais

dol-sindalesp

* XI – a revisão geral anual da remuneração dos servidores públicos, sem distinção de índices entre servidores públicos civis e militares, far-se-á sempre na mesma data e por lei específica, observada a iniciativa privativa em cada caso;

pauta-sindalesp

março 16, 2015

Protegido: AFR’s fazem sua Primavera Árabe

Este conteúdo está protegido por senha. Para vê-lo, digite sua senha abaixo:

março 13, 2015

Protegido: Resposta à Nota do Sinafresp

Este conteúdo está protegido por senha. Para vê-lo, digite sua senha abaixo:

fevereiro 5, 2015

Protegido: Sinafresp causa polêmica com documento a delegados

Este conteúdo está protegido por senha. Para vê-lo, digite sua senha abaixo:

Tags: ,
janeiro 3, 2015

A banalização da mobilização

teo.seminariog3Teo Franco

Mais uma vez, a nossa direção sindical tutelou a categoria e escolheu (por ela) arriscar a vaga e verbal “proposta” de “aumentar o teto” e a “negociar a revisão do cálculo da cota“. Escolheu o caminho do sigilo, ao invés de informar, guardando a sete chaves os termos do “acordo firmado” com o governo. Não se sabe por qual razão, optou pelo silêncio, enquanto muitos alertavam pela importância vital de mobilização no período eleitoral. Censurou, com vigor e autoritarismo quem se atreveu a criticar a postura adotada, ameaçando filiados de exclusão do grupo virtual de debate, culminando na impensável extinção do mesmo, de forma arbitrária e sem qualquer satisfação ou mensagem de esclarecimento.

Sem Plano B, ao ver sucumbir sua “estratégia” que resultou unicamente no PLO de 4,7%, a Alta Cúpula da Direção Sindical divulgou nota sobre “os próximos passos”, convocando os filiados, dentre outras medidas, a protestarem, já na primeira semana de janeiro, com a falta ao trabalho, através da doação de sangue ou abono.

Assim, novamente, assistimos a reprise de medidas atabalhoadas, na base do improviso, sem consulta aos interessados, direta (por meio de AGE) ou, ao menos, indireta (pela aferição da temperatura/disposição da base, abalizada pelos representantes regionais).

Faz três anos, em nov/dez de 2011 algo semelhante aconteceu, quando a diretoria de então surpreendeu pela NÃO convocação de AGE para debater a proposta concreta de extinção da Função Básica. Quem se lembra, sabe bem do que estou falando, não se trata de ter aceitado ou não, mas da prática de OUVIR os interessados e permitir que estes SOBERANAMENTE decidam seu próprio destino. Afinal, tutela parece algo muito descabido e sem lugar em nosso meio.

Nada contra mobilização, em suas diferentes manifestações, no entanto, sem planejamento, o grande risco é o movimento para demonstração de força transmitir exatamente o oposto.

Leia também:

Com um pássaro na mão, preferimos dois voando…

Cronologia do descaso

A AGE que seria parlamentar, foi pra lamentar

O Sinafresp e a censora de Ribeirão Preto

Sinais de uma eleição sindical VI – Fim do ano dourado

Formação, liderança e articulação

Pontos para um sindicato forte

outubro 24, 2014

Sindicato denuncia renúncia fiscal milionária

Prejuízo de mais de R$ 50 milhões aos cofres públicos

O Sindicato do Fisco de Alagoas denunciou, nesta quinta-feira (23), durante entrevista coletiva, a existência de um acordo feito pelo governo do Estado referente a compensação de dívida não reconhecida na Justiça. O acordo foi denunciado ao Ministério Público Estadual (MPE) e deve ser investigado. O sindicato pede que ele seja anulado e a dívida seja paga.

Fruto de impostos não pagos pelo Grupo Nivaldo Jatobá, a dívida total, no valor de R$ 55 milhões, foi reduzida a R$ 2 milhões, após os benefícios concedidos pelo governo do Estado. O grupo decidiu entrar em um programa de parcelamento incentivado da Secretaria de Estado da Fazenda, que garante o abatimento de multas e juros, reduzindo o valor devido para R$ 17 milhões, que deveriam ser pagos. Depois disso, o governo deu outro abatimento de R$ 15 milhões, alegando que devia o valor em razão dos prejuízos causados ao grupo Nivaldo Jatobá na época da construção da AL-101 Sul, no ano de 1991. A presidente do sindicato, Lúcia Beltrão, destaca:

Constatamos que o estado compensou créditos legalmente constituídos a troco de nada. Esse direito da empresa ainda não havia sido comprovado, até porque o primeiro processo foi anulado. Era uma dívida que já deveria ter sido autuada e o Estado abre mão, curiosamente mais uma vez, para o setor sucroalcooleiro […] Saiba mais

Leia também:

LESA RONDÔNIA – O golpe de 1 bilhão e o Chico

Lesa Rondônia: Sindafisco se omite

Promotor que verificava regimes especiais em Minas é afastado da investigação

Ambev quita autuação de R$ 8,2 mi por fraude fiscal

Governo de Minas quer calar Sindifisco

O decreto fura-greve de Dilma