Posts tagged ‘estratégia política’

maio 5, 2016

Protegido: Recordar é viver… de ilusões

Este conteúdo está protegido por senha. Para vê-lo, digite sua senha abaixo:

janeiro 7, 2015

Protegido: Proposta de Ações 2015 – AFR-SP

Este conteúdo está protegido por senha. Para vê-lo, digite sua senha abaixo:

novembro 28, 2014

Sobre o secretariado de Alckmin

Governador articula escalação da nova equipe

Alckmin tem tido dificuldade para encontrar nomes técnicos para seu secretariado. O ex-presidente do BNDES Eleazar Carvalho Filho foi sondado para a Secretaria da Fazenda, no lugar de Andrea Calabi, mas, por ora, não demonstrou interesse. (Coluna Painel – Folha Poder, 23/11/14)

O novo secretário da Fazenda de Geraldo Alckmin não virá de fora nem é uma estrela. No lugar de Andrea Calabi, o governador quer colocar Milton Luiz Melo Santos, hoje titular da agência Desenvolve São Paulo. (Blog Sonia Racy – Estadão, 26/11/14)

Geraldo Alckmin convidou a secretária de Planejamento de Minas Gerais para integrar seu governo, na área de gestão. O tucano quer anunciar práticas de modernização administrativa no novo mandato. Renata Vilhena, que foi adjunta no governo de Aécio Neves e depois assumiu como titular da pasta na gestão de Antonio Anastasia, ainda não decidiu se aceita o convite ou se vai para a iniciativa privada. (Coluna Painel – Folha Poder, 21/11/14)

Leia também:

[Charge] da Série “Promessas de Campanha”

Cronologia do descaso

Um passo atrás com a reeleição de Alckmin…

Alckmin, Sinafresp e AFR’s

novembro 29, 2011

PLO cada vez mais distante

Ofício ao governador e agora ‘apoio’ do PT…

notícia dada no site do Sinafresp demonstra uma “estratégia” curiosa para se conseguir o PLO:

“Diretores do Sindicato reuniram-se ontem (28), na Alesp com o deputado Simão Pedro, do PT, e solicitaram apoio do partido ao PLO para corrigir subsídio do governador. (…) Simão Pedro, que integra a Comissão de Finanças e Orçamento, declarou entender justa a reivindicação do Sinafresp e disse que vai trabalhar na Alesp para auxiliar a tramitação do PLO, quando for apresentado. Nos próximos dias, será agendada uma reunião com do Sindicato com a bancada do PT.”

Para quem conhece um pouco do histórico da política paulista vai entender a quantas anda a articulação sindical ou prestígio político dentro da Alesp. Qualquer um sabe que só se aprova projetos com as bençãos do governador, que tem ampla maioria na Casa, além de que o PT é oposição declarada ao PSDB. Portanto, o caminho é completamente outro. Desse jeito um PLO pode sair, talvez, mas no final de 2012. Se sair…

outubro 9, 2011

Autocrítica & estratégia

Sempre houve uma permanente tensão para conciliar os interesses dos servidores e as decisões políticas de governo. Se faz necessária, maior compreensão mútua entre as esferas envolvidas para se buscar um acordo, diminuindo assim os desgastes. Da liderança dos servidores, além dela saber identificar e valorizar a boa energia destes, é essencial fazer uso da boa e eficiente estratégia, a qual consegue, muitas vezes, derrubar muros e aplainar caminhos.

Antes porém, no âmbito interno da entidade de classe, além da transparência e constante informação, é fundamental a manutenção de grupos críticos de apoio para o pleno exercício da cooperação e da minimização de conflitos desnecessários. Toda estratégia bem elaborada incorpora elementos de persuasão e requer habilidade de relacionamento. Depois da era Lula, podemos ter clareza deste conceito crucial.

Já no relacionamento externo com as instituições políticas e governamentais, essa acepção deve ser expandida com a necessária construção permanente de canais de confiança relacional recíprocos.  Por sua vez, um diálogo eficaz deve ser exercido sem personalização das questões, evitando que seus interlocutores reajam negativamente e desconsiderem o interesse defendido.

Uma postura de independência não impede que se tenha a humildade suficiente, para, com uma boa dose de habilidade no relacionamento junto às figuras de expressão no cenário político vigente,  se estabeleça pontes para alcançar os alvos almejados.

Façamos uma reavaliação de postura e estratégia. Vale lembrar a recomendação do autor do projeto do Subteto único (PEC 89/2007), colega deputado João Dado:

“Unidos e mobilizados temos boas chances de vitória”

TeoFranco

junho 6, 2011

Gaúchos reduzem mensalidade sindical proporcional

Mensalidade proporcional e transparência no planejamento estratégico

O planejamento estratégico do Sindifisco-RS foi aprovado na manhã desta sexta-feira (3) em Assembleia Geral, ocasião na qual, foi reduzido o valor da mensalidade, correspondente a 1% básico da letra A + PPE deixando de incidir sobre o 13º salário e sobre o resíduo, o que representa uma redução de 12,44% na letra A e 18,94% na letra E.

Veja abaixo, parte do planejamento estratégico, que contém também conteúdo específico de ações e proposições.

MISSÃO

Representar, defender, integrar e dignificar a categoria, assegurando direitos e prerrogativas, garantindo a sua atuação e fortalecendo a importância do tributo na construção de uma sociedade justa, desenvolvida e democrática.

VISÃO

Ser referência sindical pela efetividade na preservação e ampliação de direitos da categoria, das prerrogativas de carreira de Estado e pela defesa da previdência pública, com reconhecimento social

OBJETIVOS ESTRATÉGICOS

  • Fortalecer o poder político do Sindicato (nas esferas federal, estadual e municipal);
  • Defender um sistema tributário com justiça fiscal e que fortaleça o federalismo;
  • Qualificar e ampliar a comunicação interna e externa;
  • Integrar a categoria e ampliar a sua participação;
  • Aprimorar e consolidar direitos e prerrogativas da categoria;
  • Definir a forma de remuneração da categoria;
  • Propiciar a qualificação, especialização e reconhecimento da categoria;
  • Buscar identidade única nacional;
  • Defender a instituição de um RPPS com paridade e integralidade;
  • Defender a instituição do teto remuneratório nacional único;
  • Buscar a regulamentação, a efetividade e melhorias na LOAT estadual e apoiar a LOAT nacional;
  • Qualificar a gestão administrativa, financeira e patrimonial.

Sindifisco-RS

Leia também: 

Novo aumento da mensalidade sindical

Conselho faz adendo ao orçamento do Sinafresp

RN – Sindicato discute redução da mensalidade em Assembléia

 

 

 

maio 3, 2011

Bin Laden e PSDB no isolamento

REFLEXÃO

De todos os acontecimentos nós podemos tirar alguma lição. Nos últimos dias, o que mais se ouviu são notícias da crise dentro do PSDB. E nem é preciso dizer que falta liderança positiva, há muito tempo no partido dos tucanos. Agora, as manchetes dos jornais só falam da operação que assassinou o maior terrorista de todos os tempos, Bin Laden.

O que tem a ver uma coisa com a outra? Excesso de soberba e prepotência.

Nos dois casos o que se vê é o isolamento. Bin Laden se estabeleceu num prédio sem qualquer comunicação eletrônica, sob a justificativa de não despertar a atenção externa. Enquanto que o PSDB tem se isolado de qualquer nova figura de expressão com medo de concorrência por parte dos seus caciques antiquados, atitude que tem levado ao afastamento do mundo real, ou seja, do cotidiano da população que exerce o direito ao voto.

Fica a reflexão, pra quem quiser sair com vida, é sempre boa a atitude de rever ou reavaliar posturas e estratégia. Vejamos o caso de Alagoas, onde os Fiscais se alinharam com os Procuradores do Estado em busca de suas reinvindicações. Sendo carreira típica, o seu alvo esta muito mais próximo deste nicho do que outras carreiras que por suas características, podem puxar para baixo.

Busquemos a parceria das carreiras típicas de estado e deixemos o isolamento e o excesso de confiança, os quais não colaboram em nada para alcançar a conquista das demandas almejadas pela categoria. De outra forma o futuro tende a ser sombrio e melancólico.

BLOG do AFR

Leia também: Procuradores e fiscais do Estado em greve

abril 3, 2011

Resumo do mês

MARÇO’2011 

Brasília

Sindifisco Nacional se posiciona e rebate argumentos do Jornal Estadão, o qual vem, insistentemente, repercutindo em suas publicações um suposto rombo no regime de previdência dos servidores públicos.

Do colega e deputado João Dado chegou a aguardada mensagem que “A mobilização é necessária, junto a todos os parlamentares (deputados e senadores) de todo o país. Unidos e mobilizados temos boas chances de vitória.”

Acre

O SindiFisco indica nome para compor a Comissão de Promoção destacando que a categoria, em decisão de AGE, aprovou a manutenção do atual decreto para efetivação das promoções.

Rio Grande do Norte

Sindifern promove debate com lideranças sobre a Importância do Fisco na 8ª edição do Congresso Estadual, com previsão de 500 participantes de todo o Brasil.

Goiás

O governador Marconi Perillo prestigiou a posse das diretorias da Affego e Sindifisco, as quais uniram-se novamente para promover uma grande mobilização na categoria fiscal e toda sociedade em prol da Lei Orgânica da Administração Tributária. O secretário da Fazenda, Simão Cirineu Dias,  demonstrou ser favorável à autonomia fiscal, quando destacou, durante seu discurso na solenidade de posse dos dirigentes da Affego e Sindifisco, que “o Fisco se constitui um dos mais importantes instrumentos do Estado. Seus servidores não atuam apenas para o Poder Executivo, mas para o interessede toda a coletividade como atividade essencial para existência, permanência e o futuro do próprio Estado.”

Pará

Já preparou, tem pronto e acabado o seu projeto de Lei Orgânica, em fase de análise pelo governador.

Rio Grande do Sul

Celebra um ano da aprovação da sua LOAT*, obtida na gestão da governadora Yeda Crusius, comemora a posse de dois colegas na nova diretoria do BANRISUL, além de participar da festa de aniversário do deputado federal Viera da Cunha (algo que para alguns, puristas (?) é um sacrilégio).

*Leia o artigo publicado na Coluna do Sindifisco-RS no Jornal do Comércio: Autonomia do Fisco gaúcho

REFLEXÃO

Neste momento podemos avaliar se vale a “pena” adotar uma “estratégia” diferente do padrão da etiqueta, por exemplo, deixando de promover coquetel de boas vindas para recepcionar a nova autoridade máxima da Casa. É bem verdade que o sindicalismo brasileiro mudou muito, principalmente na última década, mas mudou para os arredores dos palácios de Brasília onde faz uso de carro oficial. Por isso, causa estranheza quando se perde oportunidade(s) não utilizando a boa e eficiente diplomacia para construir pontes com as autoridades decisórias. Mais elementar, ainda, seria nunca esquecer de registrar agradecimentos àqueles que contribuem, direta ou indiretamente, em favor das demandas da categoria, sejam eles, simples colegas, autoridades ou outro ente qualquer! Tudo isso faz parte das Relações Públicas Estratégicas, ingrediente essencial a todo projeto bem estruturado no mundo contemporâneo.

Para os amantes do futebol podemos dizer que o mês contou com vários chutes a gol, e este é o ÚNICO caminho: Esquema tático eficiente para chegar ao gol. Como dizem por aí, não adianta jogar “bonito” o que importa é bola na rede pra ganhar o caneco no final do campeonato…

BLOG do AFR

Exerça a cidadaniadeixe o seu comentário

Leia também:

Plano de Ação e Metas Sinafresp’2006

Paraíba tem Formação Sindical desde 1998

Projeto de Formação de Liderança Sindical

5 pontos para um sindicato forte