Posts tagged ‘eleições’

julho 10, 2016

O voto distrital

João Francisco Neto

Nos períodos eleitorais (e neste ano teremos um), a população sempre se surpreende com os resultados das eleições para deputados e vereadores: enquanto alguns candidatos confiantes e bem votados não conseguem sucesso, outros, totalmente desconhecidos, são eleitos. São os efeitos do falido sistema de voto proporcional, que favorece as coligações, mas desagrada profundamente os eleitores.

A proposta para se acabar com esse problema no Brasil seria a adoção do voto distrital, cuja fórmula é bem simples: divide-se em distritos o território dos Estados ou dos Municípios, conforme o caso. O distrito será uma região delimitada por critérios geográficos e populacionais, onde cada partido poderá apresentar um candidato para concorrer às vagas de deputados. Será eleito quem obtiver o maior número de votos, na área do distrito. Este é o voto distrital puro. No município poderá ser aplicada a mesma técnica de dividir a área por distritos eleitorais. Cada distrito elege seu vereador.

read more »

Tags:
novembro 9, 2015

[Vídeo] Eleições Sinafresp – Mensagem das Chapas

Chapa 1 – “ATITUDE”

Sobre a remuneração (8’36”):

vid-chp1

Requer senha

Chapa 2 – “União e Trabalho”

Proatividade, transparência e comunicação (5’36”):

vid-chp2

Requer senha

[MENU] Eleições Sinafresp 2015

Tags:
novembro 6, 2015

[Eleições Sinafresp] Mensagem aos colegas aposentados

edu-montEduardo Monteiro*

Caros colegas aposentados,

Para que não haja dúvida sobre o que a chapa ‪#‎Atitude‬ pensa sobre os aposentados, lembro alguns detalhes que já constam do meu perfil na ‪#‎Atitude‬.

Quaisquer boatos de que nossa chapa admitiria a cessação de PR para os aposentados, ou a perda de quaisquer direitos, são totalmente infundados e mencionados com má fé. Formamos um grupo coeso e determinado a perseguir melhorias para todos. Acolhemos na formação da chapa colegas nos mais diversos estágios da carreira, com o objetivo de conhecer a fundo os problemas da classe, buscar soluções e, principalmente, fomentar a unidade de propósitos e ações, maior força a que podemos recorrer na luta pelos nossos justos pleitos […] Continue lendo

*Candidato a Diretor de Aposentados do Sinafresp pela Chapa 1 – Atitude

novembro 1, 2015

[Sinafresp] Momento de mudanças!

teo.seminariog3

Teo Franco

É hora de alterar a tática de jogo ou
continuar na lanterna da tabela do subteto dos Estados

Tenho acompanhado os informes das chapas concorrentes, bem como os comentários de vários colegas, tanto pessoalmente como pelas mídias sociais. Importante ressaltar a qualidade e competência das duas equipes candidatas para desempenhar o papel de representação sindical.

Penso que, vimos de um modelo de gestão um tanto desgastado, que pouco tem avançado no campo das negociações junto ao governo. Além disso, tem falhado a forma de relacionamento praticada pela direção do sindicato, com comunicação arcaica e demorada, sem falar no alto grau de centralização de poder. A Chapa 2, com vários simpatizantes e conselheiros da atual gestão, não me parece que irá mudar muita coisa.

Vejo na Chapa 1 #Atitute a possibilidade de mudança e inovação nestas áreas, com oxigenação de ideias e estratégias, além de energização dos AFR’s, requisito essencial para fortalecimento do Sinafresp.

A Chapa encabeçada por Alfredo Maranca é a minha esperança!

assinav

Veja a tabela do subteto

[MENU] Eleições Sinafresp 2015

novembro 11, 2014

[Eleições Afresp] Apuração

Encerrada a apuração dos votos das Eleições Afresp 2014
(retificado em 19/11)

A Comissão Eleitoral finalizou nesta terça-feira (18/11) a apuração dos votos das Eleições Afresp 2014. Confira abaixo os resultados finais:

.


DIRETORIA

.

Chapas  Urnas Em trânsito Total
GerAÇÕES 1.839 295 2.133
Mais Afresp 904 239 1.143

..

.

CONSELHEIROS

..

Capital Votos
Titular
Luiz Carlos Toloi Junior 663
Paulo Henrique Cruz 583
Teruo Massita 563
Pedro de Oliveira Abrahão 550
João Álfaro Soto 521
Henning Mario von Rautenfeld 490
André Ribeiro de Araújo 459
Honorato Sanchez Duran 452
Elias José da Costa 445
Lauro Kuester Marin 426
José Varkulja 425
Carlos Hage Chaim 415
Marcio Antonio Vicente da Silva 387
José Carlos Franco Fernandes 316
Interior e Litoral Votos
ABCD
Luiz Carlos Benicio 94
Araçatuba
Paulo Henrique do Nascimento 74
João de Marchi 16
Araraquara
Thiago Martins 131
Bauru
James Grejo 103
Campinas
Miguel Angelo Carvalho da Silva 155
Franca
Sebastião Tadeu Vasconcelos 26
Guarulhos
Leandro Radusweski Quintal 61
Jundiaí
Carlos Pinheiro do Nascimento 135
Marília
José Carlos Miguel de Mendonça 49
José Aparecido Rossato 45
Osasco
Helio Bandeira 59
Piracicaba
Claiton Osnir do Amaral 40
Jairo Cesar Sidnei 17
Presidente Prudente
Antenor Roberto Barbosa 108
Ribeirão Preto
Eduardo Gonçalves 162
Santos
Roberto Garcia 108
São José do Rio Preto
Antonio Lourenço Colli 116
São José dos Campos
Valeria Sampaio Carrijo 41
Sorocaba
Leonardo Garcia Quadre 124
Taubaté
Fabiano Buchetti de Sousa 53

.

Comissão Eleitoral

Baixe o resultado final (pdf) 3 Mb

 

Tags:
novembro 9, 2014

Amigos, amigos, eleições [da Afresp] à parte

teo.seminariog3Teo Franco

Nestas eleições Afresp, fomos brindados com duas candidaturas de grandes personas, colegas que chamaram para si a responsabilidade de servir a classe à frente da nossa Associação. Depois de um mês de campanha eleitoral, fiz minha opção, levando em conta as propostas e a percepção dos quesitos: visão, competência e motivação.

Comparando a um time de futebol, o capitão da equipe deve ser aquele que inspira e motiva os demais. Precisa ser o líder que aglutina e agrega os talentos em torno do esquema tático, para fazer uma boa partida.

Para o bom desempenho de uma organização de classe, como a Afresp, é essencial a visão de trabalho de equipe. Por esta razão, a característica principal que definiu minha escolha foi o perfil conciliador do candidato a ‘capitão do time’ Rodrigo Spada, requisito obrigatório de um líder eficaz. Independente de amizades e reconhecimentos pessoais, devemos focar no propósito da eleição e ‘convocar’ os melhores ‘atletas’, buscando o melhor desempenho dentro das ‘quatro linhas de campo’.

Assim, a melhor opção para vestir a camisa da Seleção Afresp, entre 2015 e 2017, é o time formado pelos craques da Chapa 2 “GerAções”, com talentos que reúnem experiência e capacidade de inovação.

Leia também:

Eleições Afresp: O debate e o desgaste

[Charge] Eleições Afresp

ENTREVISTA COM OS CANDIDATOS:

novembro 3, 2014

Eleições Afresp: O debate e o desgaste

Teo Franco

A uma semana da votação, a temperatura subiu por conta da tentativa frustrada de realização do 1º debate entre as duas chapas que concorrem às eleições de nossa Associação.

Em tempos de tecnologia de 4ª geração na rede celular, além dos cabos, satélites, em nosso meio classista, ainda, estamos utilizando a prensa de Gutenberg para informar e atrair o interesse dos associados pelo importante evento eleitoral. Para ficar apenas no campo dos servidores do fisco, vale citar o exemplo do Sindifisco Nacional (dos Auditores da Receita Federal), que tem realizado debates ao vivo, pelo sistema streaming, mesmo sendo categoria maior e de abrangência nacional, portanto, com muito mais dificuldade de aglutinação, mas, conseguem viabilizar este formato on demand.

À nosotros, restou a opção escrita, com 10 perguntas formuladas pelo Blog à cada Chapa, e, depois, 5 perguntas formuladas por cada candidato, dirigidas ao adversário. Ao (e)leitor, além de conhecer as propostas e compromissos dos concorrentes, restou a possibilidade de dirigir-se com comentários no campo próprio ao final de cada post. Este resultado, parcial – pois uma das Chapas sequer enviou as perguntas, muito menos as respostas da outra candidatura – se deve, à cultura desatualizada na área de comunicação no meio classista (Afresp e Sinafresp).

A impressão que fica é que, daqui pra frente, candidaturas que não considerarem, em suas plataformas, a importância do debate, de início já terão franca desvantagem.

ENTREVISTA com os CANDIDATOS

PINGA-FOGO (DEBATE VIRTUAL)
(requer senha)

PARTICIPE da ENQUETE
(barra lateral)

Tags:
outubro 27, 2014

Eleições AFRESP. Entrevista com os candidatos

Conheça a visão e propostas das chapas concorrentes

Para estimular o interesse no pleito do dia 11 de novembro, o Blog fez 10 perguntas, para reflexão e debate entre os colegas associados da AFRESP:

  • Como você enxerga a questão da duplicidade das tabelas da AMAFRESP?
  • Você pretende revisar o Estatuto Social? Em quais pontos?
  • A área de comunicação, por vezes, é questionada pelos associados, existe a intenção de dar mais transparência sobre as decisões da diretoria?
  • Qual a sua avaliação da carreira, no passado recente? E o que falta de relevante para melhorar?
  • Como você enxerga a reestruturação ocorrida em 2008? Como equacionar os justos pontos de interesse de cada grupo (os antigos sonhando com o subteto único estadual, enquanto que os mais novos preocupados com a correção da cota)?
  • Você concorda que a AFRESP deve apoiar diretamente as ações políticas do sindicato?

Veja as respostas:

CHAPA 1 – LUÍS AUGUSTO SANCHES (MAIS AFRESP)

CHAPA 2 – RODRIGO KEIDEL SPADA (GERAÇÕES)

 .

MENU ELEIÇÕES AFRESP

Tags:
outubro 2, 2014

Marina Silva, a experiência e o tradicional jogo sujo da governabilidade

chico.barroso11Francisco das Chagas Barroso*

Neste momento ímpar que passa o Brasil, quero pedir a paciência dos caros leitores do Blog do AFR, para completar a trilogia de artigos sobre a guerreira Marina Silva, que nestas eleições não enfrenta somente a candidata Dilma Roussef. Luta também bravamente contra o desigual tempo de propaganda eleitoral; contra a demolidora máquina do governo; contra a compra de votos institucionalizada do Bolsa Família; contra a infâmia do PT; contra o maior partido do país – PMDB, que não quer largar o osso; contra as grandes construtoras e suas relações inconfessáveis com o governo do PT; contra o capo Lula; contra a mídia chapa branca e outras vozes reacionárias e preconceituosas.

Ao contrário de prefeitos e governadores, que são mais executivos da ponta, o cargo de presidente, central, com o grande poder que detém, além de eficiente, deve ser mobilizador e, sobretudo, reformador, afinado às necessidades mais caras do povo e da sociedade.

Sabemos que, ante aos recursos que dispõe e às atribuições e competência constitucionais da União, só esta pode, via executivo federal, mudar a realidade do país. Mas para isso – no Brasil são enormes as demandas – é necessário ser além de executor ou gerente, como Dilma. É preciso ter a coragem para impor as mudanças […] Continue lendo

agosto 22, 2014

Marina Silva é digna de governar o Brasil

A sociedade brasileira está cansada das velhas raposas, dos conchavos e arranjos escusos

chico.barroso11Francisco das Chagas Barroso

Marina Silva é acreana, de Rio Branco. Conheço muito bem o estado do Acre, pois lá vivi por 12 anos, e ainda tenho familiares naquelas terras de Chico Mendes.  Esse pequeno estado da federação tem história de luta, de bravura, de derramamento de sangue.  Tem identidade própria.

Mas a política naqueles cantos, ainda na década de 80, era comandada por uma elite conservadora, advinda e saudosa do ciclo da borracha. Naqueles tempos, ricos seringalistas e fazendeiros ditavam as regras. Rasgavam as leis e a floresta sem piedade e negavam os mais comezinhos direitos aos trabalhadores rurais. Na verdade, nem se ouvia falar de direitos trabalhistas. Era uma escravidão branca tolerada.

Naquele ambiente propício às injustiças de toda a ordem, a jovem Marina Silva já atuava ao lado de Chico Mendes no Sindicato dos Trabalhadores Rurais […] Continue lendo

agosto 19, 2014

Concentração de renda e reforma tributária

reforma-tributaria-eleicoes-2014_pFrancisco Wyldis Oliveira

A teoria econômica vem reconhecendo que a desigualdade pode prejudicar o crescimento econômico. A ideia que permeia tal hipótese é que a desigualdade gera instabilidade política e pode influir na política fiscal de um determinado país. Isso gera um ambiente de incerteza político-econômica, provocando, com isso, a redução dos investimentos.

Em novo cenário eleitoral os dignos candidatos pregam que irão fazer a reforma tributária. Mas, qual a amplitude dessa tal reforma? Uns prometem que vão reduzir os impostos, outros que vão combater a guerra fiscal, e outros ainda que vão corrigir alguns defeitos do sistema, como a cumulatividade dos tributos.

Ocorre que uma reforma de fato envolve uma modificação profunda de sua estrutura, de sua essência. No caso brasileiro, ao contrário das economias desenvolvidas do planeta, o sistema tributário é altamente concentrador de renda […] Saiba mais

Leia também:

[Cartoon] Eleições 2014

Reforma Tributária e Eleições

Reforma Tributária Urgente – 10ª Parte Propostas – ICMS Federativo Nacionalizado

agosto 18, 2014

Por que não elegemos as pessoas certas?

edisonf2webpEdison Farah

Diletos, a propósito dos desencantos que temos  com as pessoas que assumem cargos de representação nesta terra, qualquer representação, me veio à vista o texto abaixo. Interessante. Traz muita  luz sobre os políticos no geral.
Leiam.

Não importa quem vença, um sociopata será eleito

As eleições gerais estão chegando, e já é possível ter a certeza absoluta de um resultado: sociopatas serão eleitos.

Após toda a experiência democrática, o eleitorado já deveria reconhecer que, na melhor das hipóteses, elegerão incompetentes (e isso é tudo pelo que podemos torcer); na pior, escroques.

No entanto, por piores que sejam os resultados, e por piores que sejam as consequências destes resultados, aquele ingênuo e constante mantra pró-democracia seguirá impávido: “É só elegermos as pessoas certas”.

O único problema é que as “pessoas certas” não estão (e nunca estarão) concorrendo a cargos públicos.  Em vez disso, continuaremos tendo de aturar “o político comum que não apenas é um imbecil”, como escreveu H.L. Mencken, “mas que também é dissimulado, sinistro, depravado, patife e desonesto” […] Continue lendo

Tags:
julho 10, 2014

O vale-tudo eleitoral

jfrancisconewJoão Francisco Neto*

Candidatos amorfos, candidaturas sem caráter, traição para todos os lados

A lei prevê que, oficialmente, a campanha eleitoral se inicie a partir do dia 06-07-2014, mas, na prática, todo mundo já percebeu que as coisas estão correndo soltas há muito tempo. Aí estão os acordos, as alianças e os conchavos eleitorais de que se ocupam os políticos quase que em tempo integral, fazendo aquilo que consideram sua missão mais importante: a tomada do poder, ou, para os que já chegaram lá, a perpetuação no cargo. Para isso não há limites:

são acordos imorais que unem antigos inimigos; são negociatas que permitem a coligação de partidos que não têm nenhuma afinidade entre si; são os arranjos estaduais que conflitam com as alianças nacionais, etc.

Nos tempos que antecedem as eleições, instala-se no país um verdadeiro vale-tudo eleitoral em que a principal moeda de troca são os preciosos minutos da propaganda eleitoral “gratuita”, no rádio e na TV. Daí ninguém mais estranhar que o povo não se sinta mais representado pela maioria dos políticos que, no poder, tratam de representar os seus próprios interesses e, quando muito, os do seu grupo. Quem se der ao trabalho de analisar a fundo o teor das negociações políticas que “viabilizam” determinadas candidaturas pelo Brasil afora ficará estarrecido, para não dizer enojado, mesmo. As transações eleitorais que precedem as eleições nos dão uma clara dimensão no nível de imoralidade em que está mergulhada a política brasileira. Não há ideologias, e tampouco tutela pelo interesse público; o que vale é apenas a conveniência do momento […] Continue lendo

janeiro 19, 2014

SPPrevCom: Eleições do Conselho 2014 será pela internet

Agentes Fiscais de Rendas são candidatos

A Fundação de Previdência Complementar do Estado de São Paulo – SP-PREVCOM está iniciando a seleção de candidatos para a eleição de seus Conselhos Deliberativo e Fiscal.

Para incentivar a participação e conferir maior representatividade aos eleitos, disponibiliza aos participantes o voto pela internet.

O processo definido para a votação pela internet prevê recursos de segurança e acessos dos participantes por meio do CPF e de senha personalizada, e obedecerá ao cronograma (veja aqui):

Veja a relação dos candidatos inscritos

Leia também:

Sindifisco Pará transmite AGE ao vivo

Sinais de uma eleição sindical IV – AGE em banho maria

Fábula do Índio XX – a mensalidade subiu e a AGE, nem ao menos regional, não saiu

Sinais de uma eleição sindical III – Quando os filiados serão ouvidos em AGE?

outubro 10, 2013

Debate: Eleições Sindifisco Nacional

Na última segunda-feira (8), foi realizado o 1º debate entre os candidatos à presidência do Sindifisco Nacional.

Realizado em São Paulo, o evento foi transmitido ao vivo atingindo, cerca de, 200 acessos simultâneos pela internet. Durante duas horas e meia, os presidenciáveis apresentaram suas plataformas de campanha, fizeram perguntas entre si e responderam a perguntas dos filiados.

As eleições para a DEN ocorrerão nos dias 6 e 7 de novembro

Leia também:

Situação vence eleições do Sindifisco Nacional

Vídeo do 2° debate

Eleições Sindifisco Nacional – Debate

agosto 27, 2013

Turma do Apito – Boataria em Rio Preto

ALERTA

Em decorrência de notícias alarmistas sobre quesitos da apreciação de contas a ser realizada na Assembleia Geral Ordinária, no próximo dia 31, a diretoria da AFRESP enviou representante à regional de S. José do Rio Preto para prestar os devidos esclarecimentos.

Após a longa e detalhada exposição feita diretamente pelo Diretor Financeiro e de Seguros, Rodrigo Spada, ao final, houve manifestações de alívio, por parte da platéia, como as do tipo:

não era bem assim o que andaram falando por aqui…

Fica o alerta, sobre o grau da politização do tema por parte de agentes “ocultos” com o intuito de desgastar a imagem da Diretoria, criando clima de instabilidade junto aos associados, revelando o nível de intenções dos seus protagonistas.

Leia também:

Boicote ao diálogo

Sinais de uma eleição sindical III

BLOG do AFR comemora 2º aniversário sob ameaça

Tags: