Posts tagged ‘condições de trabalho’

maio 3, 2014

Sindicato falha, mas fiscal busca melhorias

Francisco das Chagas Barroso* denuncia abandono dos Postos Fiscais de Rondônia

Com as instalações em péssimo estado e sem nenhum serviço de segurança, os servidores ficam sujeitos a assaltos, ou mesmo, eventuais excessos de contribuintes exaltados. No ano passado servidores foram atacados no Posto Fiscal de Extrema (divisa com o Acre) por vândalos que depredaram e incendiaram as instalações e a viatura da SEFIN.

Mesmo diante desse abandono, os fiscais, que operam por produtividade, trabalham com dedicação, apesar da total falta de condições para tal, como acomodações precárias, falta de balanças para pesagem, ausência de depósito para apreensões de mercadorias, rampas para fiscalização, utensílios, segurança, etc.

Como se não bastasse essa situação caótica, o serviço terceirizado de digitação das notas fiscais foi encerrado há mais de um ano e, desde então, o processamento está sendo realizado cumulativamente pelos Auditores plantonistas.

Numa política fiscal questionável e temerária por parte do governo, conforme denuncia o auditor, foram desativados os Postos Fiscais do Belmont e de Candeias, este último, com um histórico de grande volume de lavraturas de autos de infração, era importante entreposto de controle e fiscalização das cargas oriundas dos centros atacadistas da capital para o interior do Estado.

Francisco alerta que o SINDAFISCO – Sindicato da categoria, que deveria estar atento à essa vergonhosa realidade nos postos fiscais, a diretoria passada (2011-2012) nada fez, uma vez que foi cooptada pelo governo em troca de cargos comissionados, incluindo o próprio presidente. A atual diretoria, embora não tenha se vendido ao governo, tem sido tímida e ineficiente na resolução desses problemas, aceitando soluções paliativas.

Trata-se de uma desvalorização sem precedentes, da categoria e da estrutura fiscal no Estado”, enfatiza o autor da denúncia […] Saiba mais

*Francisco das Chagas Barroso é articulista convidado do BLOG do AFR. Conheça o perfil e artigos publicados (link aqui)

Leia também:

Parabéns ao Ministério Público de Rondônia

Peleguice Sindical – O Sindicalismo de negócio no Brasil

Auditor de Rondônia lança livro na Bienal-SP

Auditor fiscal pede a servidores que denunciem

fevereiro 11, 2014

Policiais Federais se mobilizam com Algemaço

“Hoje há um grau de insatisfação muito grande, não há reconhecimento do nosso trabalho”

Em estado de greve, agentes da Polícia Federal “penduraram” suas algemas durante um protesto na última sexta-feira (7). A manifestação foi batizada de “Dia do Algemaço” e ocorreu também em vários Estados. A intenção é reivindicar melhores condições de trabalho.

De acordo com Alexandre Santana Sally, presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Civis Federais do Departamento de Polícia Federal no Estado de São Paulo (Sindpolf-SP), o ato teve o objetivo de chamar a atenção do governo e mostrar o “engessamento da PF”.

A demanda principal da categoria é uma reestruturação da carreira. Segundo Sally:

Somos uma carreira de nível superior que exerce atividade complexas e nossa portaria de atribuições é de nível médio, não reconhece nossa atividade da maneira correta. Queremos chamar atenção para o descaso e a falta de estrutura da Polícia Federal. A reestruturação da carreira tem como reflexo também a questão salarial, mas não é só isso […] Leia mais

Leia também:

Servidores protestam por causa do calor

AGE pra quê? Vamos vender seguros!

Greve: servidores da SPPREV obtém reajuste

Técnicos fazendários pressionam Calabi

dezembro 6, 2012

Charles Alcântara faz incursão nas unidades fiscais do Pará

charlesalcantaraPrezados colegas do fisco estadual do Pará,

De 26 a 30 de novembro uma delegação do Sindifisco fez uma incursão no sul e sudeste do Pará. Foi pouco tempo se considerarmos o vasto território e a extensa rede de unidades fiscais existente naquela região. Precisávamos de mais tempo, precisávamos percorrer mais quilômetros. Mas o que vimos foi o bastante. Confesso-lhes que me senti profundamente envergonhado com o que vimos e ouvimos.

O que vimos não é novidade, não é de hoje, nem de agora. É de muito tempo. Como fomos capazes de ignorar uma situação que perdura há anos e que se agrava a cada dia? Eu mesmo sabia da precariedade de várias unidades fiscais da capital e principalmente do interior. Meu Deus, como pude ser tão descuidado como presidente do Sindifisco?

Mas uma coisa são as péssimas condições de trabalho a que muitos colegas estão submetidos, e outra coisa bem diferente são as condições degradantes que constatamos em nossa breve incursão […] Leia mais

Leia também:

Agora é lei: governador sanciona a Lei Orgânica do Fisco do Pará

julho 23, 2011

Auditor Fiscal é agredido durante assalto no Posto Fiscal

22 jul 2011

O Auditor Fiscal Robispierre Melo Xavier foi agredido por bandidos durante assalto ao Posto Fiscal Garganta no Sudeste do Tocantins. O assalto aconteceu na madrugada desta sexta-feira, 22. Xavier foi agredido na cabeça com coronhadas de um revólver. Foram roubados R$ 7 mil reais. Após o assalto, o auditor registrou boletim de ocorrência e fez um exame clínico com constatação de lesão física na cidade de Dianópolis. Robispierre trabalhava sozinho no posto fiscal, grande produtor de soja, milho e algodão. De acordo com Auditor, o posto funciona nesta região há mais de 15 anos sem segurança e infra-estrutura. “Cumpro escala nesse local desde 1994 e as condições de trabalho sempre foram precárias, sem estrutura e segurança, não temos informática, tudo é feito a mão, e trabalhamos dentro de um trailer,” afirmou Xavier. Ainda segundo o Auditor, os bandidos sabiam até o dia em que ele começou a escala […] Leia mais