Posts tagged ‘assembleia’

novembro 3, 2018

Protegido: Vídeo | Entrevista com o governador eleito de SP

Este conteúdo está protegido por senha. Para vê-lo, digite sua senha abaixo:

agosto 6, 2014

Alesp analisa alteração na Lei Orgânica do MP

Na tarde desta terça-feira (5), a Assembleia Legislativa de S.Paulo iniciou a discussão do Projeto de Lei Complementar 34/2014, do Executivo, que trata da alteração da Lei Orgânica do Ministério Público do Estado.

A tramitação do projeto havia sido suspensa pela Justiça pelo acatamento de liminares que questionavam a legalidade da iniciativa, mas em decisão judicial dada no início de julho as liminares foram derrubadas, fazendo com que o projeto voltasse à Ordem do Dia como item primeiro da pauta de votações plenárias.

O deputado Carlos Giannazi, líder do PSOL, obstruiu os trabalhos com pedidos de verificação de presença, por entender, conforme declarou, que:

a proposta concentra poderes nas mãos do procurador-geral e coloca o MP à mercê de governos e partidos. Ainda segundo ele, muitos procuradores e parlamentares são contra o projeto. […] Conheça pontos interessantes do projeto

Íntegra do PLC

maio 5, 2014

A AGE que seria parlamentar, foi pra lamentar

teo.seminariog3Teo Franco

“Nada é tão ruim que não possa piorar” (Lei de Murphy)

Duas notícias da semana passada demonstram bem que para viver a democracia é necessário, no mínimo, bom senso:

1 – Ameaçada pelas pesquisas a presidenta Dilma reage com pacote de bondades

Ameaçada pelas pesquisas de opinião sobre o desempenho do seu mandato, Dilma reage com pacote de bondades, dentre elas o reajuste da tabela do Imposto de Renda. A nova medida reajusta em 4,5%, embora, nem de longe, consiga repor as grandes perdas sofridas pelo contribuinte, desde 1996, é uma tentativa de afago da presidenta à classe média.

tabela-ir

.

2 – Ameaçada pelo livre-arbítrio dos filiados a presidenta do Sinafresp reage sabotando a AGE

Ao perceber que a sua receita para fazer a massa (de manobra) ia azedar, a presidenta do Sinafresp preferiu tumultuar a Assembleia Geral do dia 26. Ansiosos para definir os rumos e as ações, o número reduzido de filiados que compareceu, testemunhou uma inexplicável e equivocada estratégia de boicote, colocada em prática pela “tropa de choque” do Comando Sindical. O saldo foi de desgaste, mais divergências contabilizadas e sem norte definido.

ano eleitoral – período ímpar para se oportunizar diálogo político e mobilizações – vai sendo desperdiçado de forma irresponsável na fracassada tentativa da Alta Cúpula da Administração Sindical de impor “goela abaixo” o “prato pronto” sabor “mais do mesmo”.

Resta saber o que farão, os atores do infortúnio, para juntar os cacos, aglutinar e energizar a categoria. A não ser que tenham algum “plano mandrake” que solucionaria as principais questões, caso contrário, será muito difícil reconquistar a confiança abalada […] Leia o resumo dos fatos, pelo presidente da AGE  (Requer senha)

Leia também:

Charge: Bob vai à reunião do sindicato…

15 questões que fragilizam uma AGE

Bandeira única Urgente

Formação, liderança e articulação

Pontos para um sindicato forte

AGE pra quê? Vamos vender seguros!

abril 24, 2014

Protegido: AGE com trasmissão ao vivo

Este conteúdo está protegido por senha. Para vê-lo, digite sua senha abaixo:

Tags:
abril 23, 2014

Protegido: 15 questões que fragilizam uma AGE

Este conteúdo está protegido por senha. Para vê-lo, digite sua senha abaixo:

Tags:
fevereiro 9, 2014

Sinais de uma eleição sindical VIII – AGE pra quê? Vamos vender seguros!

teo.seminariog3Teo Franco

Empresa contratada e reuniões temáticas vão preparar os AFRs para uma AGE futura

A tão aguardada reunião do Conselho frustra, mais uma vez, a expectativa de muitos. No 14º mês deste mandato sindical a notícia divulgada pelo Sinafresp é que, para realização de uma AGE é necessário, antes, contratar empresa de pesquisa:

A diretoria do Sindicato reunirá as propostas e encaminhará para uma empresa de pesquisa contratada que levantará com aproximadamente mil colegas os problemas da Classe. Com base na pesquisa, a direção identificará os principais anseios dos AFRs

A presidente do sindicato explicou:

Os colegas farão reuniões temáticas em suas unidades com o objetivo de preparar a Classe para a AGE.

Na mesma reunião, a diretoria apresentou “proposta de convênio com uma seguradora para oferecer seguros com benefícios relevantes para o filiado. Ouvida a opinião dos representantes sindicais, a diretoria vai discutir e deliberar sobre o assunto”.

Gostaríamos de oferecer para os nossos sindicalizados uma gama de convênios em diversas áreas.

E assim, caro colega, esta gestão sindical, no segundo terço de mandato, dá sequência à uma postura demagógica, adiando, mais uma vez, a realização da primeira Assembleia Geral de seus filiados, sabe-se lá por qual razão… Ainda mais, segue caminho inverso ao natural, que seria de buscar apoio da entidade co-irmã (Afresp) nos pleitos que são de todos, mas não, prefere fazer ameaça velada de “vender seguros e ‘gama de convênios'”.

A quem interessa tudo isso?

Quem não se lembra da discórdia ocorrida na gestão passada, onde a vice (atual presidente) questionava a falta de ação do então presidente? Época em que se cobrava mobilização, críticas na imprensa, etc… algo que provocou  racha na diretoria, recurso ao Conselho de Representantes, depois Conselho de Ética e, até, medida judicial. Pelo menos, a gestão anterior, em seis meses, havia realizado duas AGE’s – sendo uma delas, é verdade por abaixo assinado. O que tanto segura a atual direção para não querer realizar AGE, mesmo que regional, ou ainda, virtual, já utilizada em outras categorias profissionais? A impressão que fica é que continuamos sendo tutelados, agora, de forma deslavada e infantil, sem falar na “piada” sobre “vender seguros e uma gama de convênios”… se não dão conta nem das questões básicas…

Leia também:

Sinais de uma eleição sindical VII – Tudo ou nada!

Sinais de uma eleição sindical VI – Fim do ano dourado

Mais “Sinais de uma eleição sindical”

Crise: Presidente do Sinafresp recorre ao Judiciário (requer senha)

Presidente do Sinafresp se socorre do Conselho (requer senha)

fevereiro 1, 2012

Paraíba faz AGE após reajuste salarial ínfimo

Fiscais fazem assembleia e afirmam descontentamento com reajuste; servidores projetam mobilização na AL

A assembleia geral discutiu, entre outros assuntos, o não pagamento da indenização de transportes, as MPs 183 e 184 e o reajuste do Fisco anunciado pelo Governo. A assembleia esta em aberto desde o início das mobilizações. Sobre o não pagamento do auxílio transporte referente aos meses de outubro e novembro, o entendimento do Secretário Executivo da Receita, Marialvo Laureano, é o de que os fiscais têm direito apenas a 1/3 dessa indenização, já que a greve do Fisco foi encerrada no dia 18 de novembro. A decisão do TJ-PB pela suspensão da greve definiu que não deve haver prejuízos à categoria em nenhum aspecto até o julgamento final do processo, já que o movimento se manteve dentro da legalidade em todo o período.

A diretoria do Sindifisco-PB conclamou todos os fiscais a comparecer, após o recesso da Assembléia Legislativa, à sessão que irá apreciar as MPs 183 e 184, que criam a Secretaria da Fazenda e disciplinam os cargos comissionados. A categoria avalia que as Medidas são prejudiciais aos interesses do Estado, especialmente no que se refere à arrecadação. Foi ressaltada a repercussão do assunto na grande mídia nacional nesta semana, especialmente quanto a Lei da Ficha Limpa e do Nepotismo. Uma questão que preocupa os empresários é a possibilidade de pessoas alheias ao quadro de auditores fiscais terem acesso ao sigilo fiscal dos contribuintes.

Reajuste – Outro assunto discutido foi a atitude autoritária do Governo que, sem nenhum debate com os servidores, anunciou através da mídia um reajuste considerado decepcionante pela categoria fiscal. A diretoria criticou o índice, que não chega a 1/3 do que a categoria tem direito conforme lei do subsídio, e não cobre sequer as perdas inflacionárias do período. Além disso, o Governo, em nenhum momento sinalizou para o pagamento do passivo devido à categoria referente a 2011. Após breve relato do processo de entrega dos cargos, por parte dos auditores dos cargos comissionados, a categoria decidiu referendar a decisão da assembléia realizada no dia 18 de novembro sobre a não ocupação dos cargos comissionados. Essa ação conjunta fortaleceu o movimento […] Leia mais