Como você enxerga a atual duplicidade de tabelas da AMAFRESP?

Renato Cialfi  – Essa duplicidade de tabelas representou, na prática, uma injustiça com os colegas que entraram na carreira após sua implantação. Ninguém gosta de se sentir discriminado ou injustiçado, não é verdade? Mas é esse sentimento que os colegas mais novos nos reportam com relação às tabelas duplas. Se havia um remédio amargo a ser tomado pela classe para o bem do plano, ele não poderia ser dado apenas a quem ingressou na carreira logo depois. Mesmo porque faltou “combinar” com eles: é fato notório que, insatisfeitos com a mudança das regras da AMAFRESP dias antes da posse, muitos aprovados no concurso de 2006 se negaram a se associar a AFRESP. O mesmo ocorreu com os colegas de 2009. Uma pergunta que eu faço à classe nesse momento é se nós queremos que esses colegas se sintam excluídos de nossa Associação e deixem de se beneficiar de um plano tão bom quanto a AMAFRESP? Acredito que não, porque isso é ruim para todos nós.
Sendo assim, é preciso reavaliar as tabelas da AMAFRESP, de forma a tratar de forma isonômica os associados.

PRÓXIMA

O que pode ser feito de concreto para uma reavaliação e em qual prazo estimado?

PARTICIPE, deixando sua opinião sobre o post:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: