Archive for ‘sindicato’

fevereiro 3, 2018

Painel contra Alckmin é instalado em rodovia

Entidades de classe questionam o governador sobre o sucateamento da Polícia Civil

Um painel criticando o governador Geraldo Alckmin (PSDB) pela falta de investimento na Polícia Civil foi instalado na quinta-feira (1º) na altura do número 647 da Rodovia Regis Bittencourt, no trecho de chegada a Taboão da Serra, divisa com a região do Morumbi, na capital. O político almeja se candidatar a Presidência da República nas eleições deste ano.

A ação foi de iniciativa de entidades de classe, como o Sindpesp (Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo) e a ADPESP (Associação dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo). As instituições não informaram o valor investido na estrutura, que ficará no local por 90 dias.

read more »

junho 8, 2016

Auditores fiscais protestam em Minas

Eles manifestam contra a sonegação e a alta carga tributária

read more »

junho 1, 2016

Greve na Sefaz de Mato Grosso

Atendimento atua com  número mínimo de servidores

O presidente do Sindicato dos Profissionais de Tributação, Arrecadação e Fiscalização Estadual de Mato Grosso (Siprotaf), Leovaldo Antonio Duarte afirmou que a adesão dos servidores em todo Estado é positiva. O pátio dos Postos Fiscais estão vazios.

O serviço continuará paralisado como forma de repúdio à decisão do Governo do Estado. A receita ficará comprometida nesses dias”

Fonte: Siprotaf

Leia também:

Greve dos Auditores da Receita Federal no estado de S.Paulo

Greve dos auditores provoca queda nas autuações da Receita Federal

Formada comissão para apaziguar greve de auditores fiscais

maio 5, 2016

Protegido: Recordar é viver… de ilusões

Este conteúdo está protegido por senha. Para vê-lo, digite sua senha abaixo:

março 8, 2016

Manifestação contra atraso de salários em Minas

Ato público critica políticas de tributação injusta e de concessão de benefícios fiscais

Indignados com a desvalorização que o Fisco mineiro vem sofrendo e dispostos a denunciar publicamente as consequências dessa política de desvalorização do governo estadual para a sociedade mineira, auditores fiscais da Região Metropolitana participaram na manhã de hoje, 7 de março, de ato público em frente ao prédio das delegacias fiscais BH 1 e BH 2, em Belo Horizonte. Os participantes demonstraram que estão dispostos a se envolver ativamente na luta sindical para reverter o quadro de perdas imposto à categoria.

Durante o ato, os manifestantes denunciaram os problemas remuneratórios enfrentados, com perdas inflacionárias em 2014 e 2015, que acumulam quase 20%, e distorções salariais que contribuem para a desmotivação de muitos auditores. A postura do governo em ignorar a categoria, e os servidores em geral, ao tomar medidas arbitrárias, como o atraso e o parcelamento dos salários, e não se dispor a ouvir e negociar suas reivindicações foi bastante criticada.

read more »

fevereiro 20, 2016

Greve dos Auditores da Receita Federal no estado de S.Paulo

De acordo com o Sindifisco, vencimentos da categoria estão desvalorizados

Os auditores fiscais entraram em greve em todo o Estado de São Paulo nesta quinta-feira (18). Pedindo por melhorias em salários e benefícios, os funcionários das alfândegas só estão realizando os procedimentos necessários e essenciais. O restante, segundo o presidente da Delegacia Sindical de Santos do Sindifisco Nacional, Renato Tavares, está interrompido sem previsão de retorno:

No dia 21 de janeiro, recebemos uma contraproposta do governo, só que foi feita verbalmente e não formalizada. Estamos aguardando a formalização. É por esse motivo que estamos paralisando todas as alfândegas da oitava região fiscal, ou seja, de todo o Estado de São Paulo. Pedimos a valorização do auditor fiscal com uma remuneração compatível ao cargo. Estamos em 27º no ranking remuneratório dos fiscos estaduais e 18º no de capitais. Tamanha defasagem, para Tavares, ‘não é normal’. Nós fiscalizamos diversos tributos, fiscalizamos as fronteiras de todo o país.”

read more »

dezembro 15, 2015

Fiscais da Receita se recusam a emitir fiscalizações para 2016

Chefes de fiscalização enviaram uma carta ao secretário da Receita

Auditores da Receita Federal estão se recusando a cadastrar no sistema as novas fiscalizações a serem executadas em 2016, o primeiro passo para as operações do ano que vem. Na prática, a ação poderá paralisar todas as ações de fiscalização do órgão, como de grandes devedores, Imposto de Renda Pessoa Física e Jurídica, Contribuição Previdenciária e outros, e a Receita iniciará 2016 sem ações fiscais programadas.

Além disso, os auditores que trabalham na aduana começarão na quarta-feira (16) uma operação-padrão na liberação de cargas que chegam e saem do País. Segundo afirma o vice-presidente do Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal (Unafisco), Kleber Cabral:

É algo que a gente evitou até agora porque prejudica as cargas, o comércio internacional. Mas as negociações com o governo estão totalmente paralisadas

Na pauta da categoria, está um reajuste dos salários para 90% do subsídio dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), além de mudanças nas condições de trabalho […] Saiba mais

Leia também:

TJ declara abusiva a greve dos Auditores Fiscais

Carreiras típicas reclamam da falta de reajuste

Auditores federais entregaram cargos de chefia

agosto 4, 2015

Justiça bloqueou R$ 38 mi para pagar auditores no RS

sindifisco-rs0

Leia também:

O tamanho da pedalada no AFR

Reduzir salário dos Fiscais pela redução da arrecadação

AFRs paulistas cobram pagamento de salário atrasado

março 26, 2015

Sindicato mantém protestos para abrir diálogo

Os protestos para chamar à atenção do governo começaram no dia 16

Nesta segunda-feira (23), os auditores e auditoras de tributos do Estado de Sergipe decidiram manter a mobilização e protestos com a redução do expediente de trabalho nos postos fiscais, na sede da Sefaz e nos serviços disponibilizados nos Centros de Atendimento ao Cidadão (Ceacs). Reunidos em assembleia, o Fisco também aprovou a realização de ato público na frente da Sefaz, a ser realizado nesta quinta-feira, dia 26, às 08h. O presidente do Sindicato do Fisco de Sergipe (Sindifisco), Paulo Pedroza declarou:

Continuamos aguardando do governo estadual resoluções objetivas para pendências relativas às questões salariais (periculosidade/GAT; subsídio; reposição inflacionária; reforma do plano de cargo e salários); às condições de trabalho (transporte e policiamento para os postos-fiscais) e maior pujança na política de arrecadação de tributos”

Minutos antes da assembleia, o secretário da Sefaz Jeferson Passos enviou a minuta de projeto de lei com nova redação à Lei Complementar 67/2001, que extingue a periculosidade e estende a todo o Fisco a Gratificação de Atividade Tributária (GAT). Segundo Pedroza:

Apesar de consideramos um passo importante, por parte do governo, a redação dessa minuta gerou dúvida entre os auditores […] Saiba mais

Leia também:

AFR’s fazem sua Primavera Árabe (requer senha)

Justiça proíbe sindicato de iniciar Operação Padrão

Proposta de Ações 2015 – AFR-SP

A banalização da mobilização

janeiro 10, 2015

Sindicato versus Facebook

Entidades precisam rever forma de atuação para representar profissionais mais críticos e conectados

No início de novembro, o Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região, no interior de São Paulo, anunciou uma greve geral por tempo indeterminado na principal unidade da Embraer, em São José dos Campos.

E, então, ocorreu o inusitado: descobriu-se que a maioria dos trabalhadores era contra a paralisação. No dia seguinte ao anúncio da greve, foi criada no ­Facebook uma página com o título “Sou Embraer e não estou em greve”. Nas primeiras 6 horas, 2 000 funcionários entraram no grupo, que chegou a 4 000 membros em dois dias. Na página, há postagens reclamando que:

o sindicato não ouviu o pessoal administrativo na votação da greve”

Para a socióloga Noêmia Lazzareschi, da PUC-SP, o episódio na Embraer reflete a falta de representatividade do sindicalismo brasileiro:

No Brasil, muitos sindicatos são vistos como trampolins para líderes que almejam uma carreira política

Na era das redes sociais, que criaram a possibilidade de os cidadãos se mobilizarem de forma ágil para defender seus interesses, a insatisfação com essas entidades tende a ficar mais evidente.

As velhas formas de sindicalismo estão ficando para trás […] Saiba mais

Leia também:

Sindicato tem linha direta com a categoria

Sindifisco Pará transmite AGE ao vivo

Comunicação é ferramenta de disputa de poder

Intolerância, decisões secretas e a classe fiscal

Sindicato & Representatividade

Tags:
janeiro 3, 2015

A banalização da mobilização

teo.seminariog3Teo Franco

Mais uma vez, a nossa direção sindical tutelou a categoria e escolheu (por ela) arriscar a vaga e verbal “proposta” de “aumentar o teto” e a “negociar a revisão do cálculo da cota“. Escolheu o caminho do sigilo, ao invés de informar, guardando a sete chaves os termos do “acordo firmado” com o governo. Não se sabe por qual razão, optou pelo silêncio, enquanto muitos alertavam pela importância vital de mobilização no período eleitoral. Censurou, com vigor e autoritarismo quem se atreveu a criticar a postura adotada, ameaçando filiados de exclusão do grupo virtual de debate, culminando na impensável extinção do mesmo, de forma arbitrária e sem qualquer satisfação ou mensagem de esclarecimento.

Sem Plano B, ao ver sucumbir sua “estratégia” que resultou unicamente no PLO de 4,7%, a Alta Cúpula da Direção Sindical divulgou nota sobre “os próximos passos”, convocando os filiados, dentre outras medidas, a protestarem, já na primeira semana de janeiro, com a falta ao trabalho, através da doação de sangue ou abono.

Assim, novamente, assistimos a reprise de medidas atabalhoadas, na base do improviso, sem consulta aos interessados, direta (por meio de AGE) ou, ao menos, indireta (pela aferição da temperatura/disposição da base, abalizada pelos representantes regionais).

Faz três anos, em nov/dez de 2011 algo semelhante aconteceu, quando a diretoria de então surpreendeu pela NÃO convocação de AGE para debater a proposta concreta de extinção da Função Básica. Quem se lembra, sabe bem do que estou falando, não se trata de ter aceitado ou não, mas da prática de OUVIR os interessados e permitir que estes SOBERANAMENTE decidam seu próprio destino. Afinal, tutela parece algo muito descabido e sem lugar em nosso meio.

Nada contra mobilização, em suas diferentes manifestações, no entanto, sem planejamento, o grande risco é o movimento para demonstração de força transmitir exatamente o oposto.

Leia também:

Com um pássaro na mão, preferimos dois voando…

Cronologia do descaso

A AGE que seria parlamentar, foi pra lamentar

O Sinafresp e a censora de Ribeirão Preto

Sinais de uma eleição sindical VI – Fim do ano dourado

Formação, liderança e articulação

Pontos para um sindicato forte

dezembro 10, 2014

Apofps se encontram com Alckmin

Conversa se deu após reunião do Confaz* realizada na sede da Secretaria da Fazenda

Foi apresentada ao governador propostas de melhorias na gestão de recursos públicos, por meio dos trabalhos desenvolvidos pela carreira de Analista em Planejamento – APOFP com a finalidade de oferecer soluções efetivas para enfrentar o possível cenário fiscal adverso projetado para os próximos quatro anos nas finanças do Estado.

A Associação questionou o governador a respeito da lenta evolução funcional de 28 anos para que o analista chegue ao topo da carreira, conforme está previsto na Lei de criação do cargo […] Saiba mais

Confaz realiza 155ª reunião em São Paulo. No período de 4 a 5/12, no edifício-sede (Av. Rangel Pestana, 300)

Leia também:

[Charge] A carreira fiscal no divã…

Explicar o óbvio é mais fácil!

[Charge] da Série “Promessas de Campanha”

Cronologia do descaso

Um passo atrás com a reeleição de Alckmin…

Alckmin, Sinafresp e AFR’s

Tags:
agosto 22, 2014

Diretoria do sindicato avalia situação após reunião com Governador

MOBILIZAÇÃO

A Diretoria do Sindifisco-MG esteve reunida durante todo o dia de hoje (14) na sede da entidade para discutir os rumos que deverão ser tomados considerando os últimos acontecimentos referentes ao plus, ou seja, a reunião com o Governador e o e-mail enviado pelo Governador à Presidente do Sindicato, Deliane Lemos de Oliveira.

Foi feita análise dos relatos enviados pelas unidades e da reunião do dia de ontem na SRF BH com AFREs das unidades de Belo Horizonte e Região Metropolitana. Na segunda-feira, 18 de agosto, será divulgado editorial com o posicionamento da Diretoria e planejamento das ações futuras.

No relato recebido pelo SINDIFISCO-MG, os Auditores Fiscais ressaltaram que não aceitam a proposta por escrito dada pelo Governador, pois não confiam no “compromisso” firmado por ele […] Continue lendo

Fonte: Sindifisco-MG

Saiba mais

Leia também:

Sindicato pressiona governador

Servidores do Judiciário entram em greve

Sindicato entrega título de ‘persona non grata’ ao governo

agosto 14, 2014

Sindicato pressiona governador

Após 3 dias de campanha, do sindicato, na imprensa, governador volta atrás

A presidente do SINDIFISCO-MG, Deliane Lemos de Oliveira, e o diretor Wertson Brasil de Souza estiveram na tarde desta segunda-feira, 11 de agosto, em reunião com o Governador do Estado, Alberto Pinto Coelho, para tratar do pagamento do prêmio de produtividade – plus. Estiveram presentes na reunião o Advogado Geral do Estado, Roney Torres, a Secretária de Planejamento e Gestão, Renata Vilhena, o Secretário de Fazenda, Leonardo Colombini e o Secretário Adjunto de Fazenda, Pedro Meneguetti.

O Governador fez diversas considerações sobre as dificuldades jurídicas do pagamento do plus e que elas foram vencidas com o apoio da própria Advocacia Geral do Estado e com os subsídios que a Fazenda apresentara e, em razão disso, anunciou sua decisão de pagar o plus nos contracheques de setembro e outubro, para recebimento em outubro e novembro […] Continue lendo

julho 27, 2014

Sindicato tem linha direta com a categoria

Sindifisco Nacional faz uso de ferramentas eletrônicas para informar a população e interagir com filiados

Campanha de cidadania:

[youtube http://youtu.be/o-4oNG2tIvk]

.

Transmissão ao vivo para tratar de ações judiciais de interesse dos filiados:

[youtube http://youtu.be/Ti2Nh2egKTI]

.

Leia também:

Sindifisco Pará transmite AGE ao vivo

Comunicação é ferramenta de disputa de poder

Intolerância, decisões secretas e a classe fiscal

Sindicato & Representatividade

junho 7, 2014

Pará: Aprovados ainda aguardam nomeação

sefa-para0Há seis meses aprovados aguardam pela chamada

O concurso para servidores da carreira da administração tributária da Sefa teve mais de 9,5 mil inscritos. Das 100 vagas ofertadas para auditor fiscal de receitas, 63 foram preenchidas, e das 100 vagas para fiscal de receitas, 88 foram ocupadas.

Enquanto o Sindifisco articula para apressar a contratação dos aprovados a Procuradoria Geral do Estado (PGE), diz que a nomeação prevista para junho não poderá ocorrer agora porque o Estado atingiu o limite prudencial fixado pela Lei de Responsabilidade Fiscal para os gastos de pessoal.

O Sindifisco fará levantamento minucioso de todas as nomeações publicadas no Diário Oficial do Estado desde janeiro deste ano. Eventuais atos de nomeação no período vetado servirão de subsídios para convencer o governo a priorizar as contratações no Fisco. Charles Alcântara, presidente do sindicato, disse:

Se o Fisco é constitucionalmente prioritário, então que se contrate auditores e fiscais e não assessores especiais. Tudo o que cabe às entidades representativas do Fisco será e está sendo feito.  Acima de tudo, o Estado precisa dessa nomeação.

A comissão dos aprovados divulgou carta aberta e agradeceram o empenho máximo do sindicato para agilizar as nomeações […] Leia a Carta Aberta

#‎aprovadossefapara‬

Tags: