Origem dos Ditos Populares II

Waldeban Medeiros

Quem Tem Boca Vai a Roma!

Os ditos populares se proliferam sistematicamente. À medida que alguém os escuta e os repete mais na frente, eles são pronunciados de maneira diferente, não importando para quem os pronunciam se está correto ou não.

Na Roma antiga, à época dos imperadores, aqueles que iam morrer, seja decapitado ou devorado pelos leões, dependendo do humor dos sádicos dirigentes, tinham que proferir uma frase que, pelo seu conteúdo, representa a crueldade que imperava no império romano:

“Ave César! Os que vão morrer te saúdam”!

Entretanto, como em todo grupo existem os dissidentes, após pronunciarem a hipócrita frase, uma boa parte daqueles condenados à morte gritava numa só voz: “Quem tem boca vaia Roma”! Isto mesmo, vaia do verbo vaiar. E tome apupo, tome vaia, afinal, sabiam que não escapavam da morte, uma vaia aqui outra ali apenas alimentava o coro de protesto contra o regime.

O nosso personagem, Zé de Maria, escutou a tal frase quando bebericava na mercearia do Bento, numa história contada pelo seu compadre e a guardou no seu subconsciente sem ver a hora de empregar a expressão popular que achara tão bonita.

Passou-se um bom tempo e Zé de Maria teve que viajar à capital do estado. Como naquele tempo o transporte de passageiro era muito precário, Zé de Maria levou quatro dias e três noites para chegar a João Pessoa. Aqui, foi mais umas sete horas para descobrir o endereço do seu primo, Mané de Zilda, que já morava na cidade grande há mais de cinco anos.

Pergunta aqui, pergunta acolá, Zé de Maria foi enveredando a pé pelo bairro da Torre até que, depois de mil e uma perguntas, conseguiu localizar o endereço do primo. Este, por sua vez, achou que o Zé fizera uma grande proeza ao descobrir onde ele morava, já que era a primeira vez que Zé Maria havia viajado para um local tão distante.

– Zé, que surpresa! Como você conseguiu chegar aqui?

Zé de Maria viu naquela oportunidade o momento adequado, o instante ideal para demonstrar um pouco da sua cultura e dos seus conhecimentos adquiridos na mercearia do Bento, entre goles e mais goles de cachaça com tira-gosto de carne de charque. Estufou o peito, fez uma pose de intelectual, olhou firme para o primo e tascou:

– Ora, quem tem boca vai a Roma!

Isto mesmo, vai do verbo ir! Estava agregado mais um dito popular na cultura brasileira, deturpado do original criado pelos cristãos da época dos César.

ARTIGOS de VALDEBAN MEDEIROS

*Waldeban Medeiros, simplesmente um contador de “causos”… Escritor e psicólogo. Auditor Fiscal do Estado da Paraíba aposentado, tendo exercido o cargo de Coletor Estadual na cidade de Sousa nos anos 90/94, com título de cidadão sousense pela sua militância no futebol da cidade “sorriso”, tendo sido um dos fundadores da Liga Sousense de Futebol. medewal@gmail.com

3 Comentários to “Origem dos Ditos Populares II”

  1. Sr Waldeban, acho que foi o senhor que escreveu também aquela do “Agora Inês é morta”. Sugiro ao senhor que pesquise mais as origens dos ditos populares, porque este que está colocando agora também está incorreto.

  2. Meu caro Fernando, eu não estou copiando origem de “ditos populares”, eu estou criando ao meu modo, de acordo com a minha imaginação! Portanto, creio estar no caminho certo.

  3. Não é a primeira vez que vejo essa versão. E creio que ela está correta em parte (intuo que a origem desse dito não está nos cristão que eram trucidados nas arenas, mas nos escravos rebelados liderados por Spartacus). Esse dito não faria sentido algum com o verbo “ir”, pois há outro que diz textualmente “Todos os caminhos levam a Roma” – e este está de acordo com a realidade histórica, pois na época as estradas construídas pelo Império Romano conduziam todas à capita, ou seja, não havia necessidade alguma para perguntar a alguém qual era o caminho para Roma.
    l.

PARTICIPE, deixando sua opinião sobre o post:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: