Novo governo quer implantar modelo de Previdência que corroeu aposentadorias no Chile

Embora o cenário ainda esteja um tanto nebuloso, as declarações da equipe econômica do próximo governo indicam que a nova proposta de Reforma representará um risco ainda pior para os trabalhadores em comparação às propostas de Temer.

Pelo que se sabe até o momento, o projeto elaborado pelos economistas Armínio Fraga e Paulo Tafner será baseado em um sistema de capitalização. Nessa modalidade, cada trabalhador junta o dinheiro para sua própria aposentadoria, por meio de uma contribuição mensal abatida de seu salário. O modelo seria semelhante ao que foi adotado no Chile na década de 80, durante o regime do ditador Augusto Pinochet. Por lá, a mudança na Previdência custou a qualidade de vida e a saúde dos aposentados. 90% dos idosos do país vivem com o equivalente a menos de R$ 700,00 por mês – muito abaixo do salário mínimo chileno, que corresponde a um valor em torno de R$ 1.300,00.

Não à toa, a população acima dos 70 anos é um dos grupos que mais comete suicídio no Chile. Estudos indicam que as aposentadorias baixas demais para garantir a subsistência dos idosos são as grandes culpadas pelas estatísticas alarmantes. Além da capitalização, Bolsonaro já sinalizou que pretende votar o aumento da idade mínima de aposentadoria para servidores públicos o quanto antes. Para o assessor jurídico da APUFPR-SSind, João Luiz Arzeno da Silva, a adoção do novo sistema previdenciário que tem sido delineado no Brasil poderá lançar pessoas em idade avançada a uma condição de vida próxima à de miséria.

“Para ter lucro com os servidores, o Estado vai optar em não ser mais Estado, e em não oferecer mais uma cobertura de qualidade”, explica. Por tudo isso, não é possível esperar até 2019 para fortalecer a mobilização. O momento da luta é agora. A Reforma da Previdência é uma ameaça real, que exigirá o enfrentamento imediato com amplo apoio de toda a categoria.

2 Comentários to “Novo governo quer implantar modelo de Previdência que corroeu aposentadorias no Chile”

  1. Fundos de capitalização, isso nunca deu certo no Brasil e quem levou a pior sempre foram os pequenos trabalhadores que pensavam fazer “um pé-de-meia” para melhorar suas aposentadorias depois de um determinado tempo de honrosas e sofridas contribuições participativas e sempre levaram cano, principalmente pela atuação do sistema financeiro que mais parece leão vorás. Dá nojo essa história da reforma da previdência, porque até o mais pequenino trabalhador brasileiro, leigo e inerte como cordeiro que paga a conta sucumbindo-se nos laços dos faroestes caboclos da corrupção que paira no Congresso Nacional, sabe que essa história da reforma previdenciária é uma tremenda balela para justificar “ROUBOS, ROMBOS E DESVIOS DE DINHEIRO” que foram feitos através das famosas DRU – Desvinculação das Receitas da União, entre outras falcatruas. Portanto, debater a reforma da previdência nas redes sociais, inclusive nesta, é a mesma coisa que malhar em ferro frio, bater com martelo de borracha no cocuruto das cabeças duras de políticos que nunca escutam com a razão nem ouvem com o coração, pois não sabem discernir a essência da verdade e do saber quando se trata de questão em favor do trabalhador brasileiro. Políticos só pensam em quantos $$$$$$ vão embolsar com manifestação do voto em favor da desgraça do trabalhador brasileiro, mesmo porque em nenhum momento de suas atuações, nem no plenário nem nas suas bases eleitorais, não têm memórias sociais benéficas direcionadas para o bem-estar social dos trabalhadores. Políticos, todos estão de alguma maneira torcendo as disposições do artigo 195 da CF e enfiando sua essência no miolo podre de um Congresso Nacional acéfalo que está na baila há mais de trinta anos enquanto o povo assiste a tudo tal qual cordeirinho inerte, medroso e acuado no canto da pedreira, sem esboçar nenhuma reação. Até quando teremos que conviver com essas ilicitudes políticas !?.

PARTICIPE, deixando sua opinião sobre o post:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: