Doria não vai dar reajuste salarial em 2017

“Não tem condição”

O prefeito eleito João Doria (PSDB) afirmou nesta segunda (7) que não haverá aumento dos salários dos servidores municipais em 2017.

“Neste ano não teremos [aumento]. Não tem condição”, disse Doria, ao ser questionado sobre reajuste ao funcionalismo, no programa “Roda Viva”, da TV Cultura.

Doria disse que explicaria aos servidores “falando a verdade”. Ele também disse que vetará aumentos para si próprio e para vereadores.

Além da pressão de vereadores, Doria deverá enfrentar ameaças de greves de vários setores. Embora o tucano não detalhado isso em sua fala, a indicação é de que nem a reposição inflacionária nos salários dos servidores deverá ocorrer.

Fonte: Folha de S.Paulo

Leia também:

“Juízes não devem ter vergonha de pedir aumento”

PEC 241 terá impacto no funcionalismo

Defensores públicos perdem reajuste, após veto de Temer

4 Comentários to “Doria não vai dar reajuste salarial em 2017”

  1. Alguém ainda tem ilusões com o PSDB???
    Todavia, o que tínhamos de melhor para a Prefeitura era o Dória.
    Não poderíamos correr o risco de manter o celerado Haddad para terminar a destruição de Sampa.
    Ora,ora ,ora….se és sensível, culto, honesto, e nasceste nesta terra, é porque tens a pagar muito de encarnações pretéritas quando certamente fostes tiranos, assassinos, escravocratas, senhores feudais cruéis que comiam as criancinhas dos pobres….rsrsrsrs
    Sei fottuti, brasiliani!

  2. O Dória é amigão do Alckmin… Esperar o que???

  3. 09/11/2016

    Doria admite aumentar salários dos servidores

    Um dia após dizer que não daria aumentos salariais para servidores em 2017, o prefeito eleito de São Paulo, João Doria (PSDB), decidiu manter os reajustes ao funcionalismo negociados pela gestão Fernando Haddad (PT) e previstos no Orçamento.

    O tucano havia anunciado o congelamento de salários anteontem, em entrevista no programa “Roda Viva”, da TV Cultura. “Não tem condição”, justificou, acrescentando que explicaria isso aos servidores “falando a verdade” sobre as finanças da cidade.

    Doria teria que driblar lei que fixa cargos e salários na educação, barrar aumentos previstos pela gestão atual e correr o risco de começar seu mandato com paralisações.

    FONTE/LINK

PARTICIPE, deixando sua opinião sobre o post:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: