[Vídeo] A esquerda, o capitalismo de estado e o sucateamento do serviço público

Sociólogo aborda questões da conjuntura política de interesse do servidor público

46:40 – Relações e ingerências do alto empresariado

Eu acho que importa ao cidadão saber o significado de certos conceitos na América Latina, por exemplo, saber que as principais correntes [de esquerda] no Brasil querem fazer parcerias com o alto empresariado para se ter um capitalismo de Estado. E para fazer um capitalismo de Estado é preciso depredar o serviço público e drenar os recursos públicos para entregar a uma coleção de empresários amigos.”

54:10 – Qualidade da democracia brasileira e falta de debate sobre a assimetria entre executivo e legislativo.

Nós temos um sistema de intercâmbios entre executivo e congresso pelo qual o executivo subordina o congresso, dando a ele em troca a possibilidade de ocupar fragmentariamente a administração pública, através dos 40.000 cargos de livre nomeação em nível federal e estatais. Este sistema de intercâmbio que é inerentemente corrupto e que subordina o congresso ao executivo é o nó que precisa ser resolvido, o que não pode ser resolvido apenas por uma reforma política, é preciso uma reforma de Estado. […] Sem resolver este problema, que é um problema histórico, o que é o Estado? O Estado moderno é aquele onde existe uma burocracia profissional. No Brasil não existe, pelo menos completa, uma burocracia profissional, pois a parte mais elevada da burocracia profissional foi ocupada, foi encampada pelos partidos políticos. Nós temos um sério problema pois a oposição deveria estar falando isto agora, mas está em silêncio: por quê? Porque quando ela chegar ao poder quer se aproveitar da mesma situação.”

1:13:45 – Transparência na máquina pública.

Os manifestantes desde 2013 querem um Estado público. Por que o governo e uma camarilha de chefes partidários tem o poder de indicar todos os dirigentes de estatais? Não há forma de fazer uma governança pública? Claro que há! […] Quem acabar com 20.000 cargos de indicação política ganha as próximas eleições com o meu voto.”

Leia também:

Resposta a Globo sobre os “supersalários” dos agentes fiscais de rendas

Alckmin chama INDG e MBC

Gerdau com Dilma na gestão

[Vídeo] O salário público do servidor e a renda oculta do capitalista

O Estado a mercê dos consultores privados

Sefaz condenada por manter terceirização ilícita

PARTICIPE, deixando sua opinião sobre o post:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: