Villela é contra a estabilidade do servidor público

Para secretário, a estabilidade tende a agravar a crise econômica e o desemprego na iniciativa privada

Da entrevista do secretário da Fazenda, Renato Villela, ao Jornal Valor Econômico, destaque para o tema:

Há questões na área do funcionalismo público, como criar um tratamento igualitário entre trabalhadores. No setor privado os empregados são vítimas de momentos de crise como esse, são demitidos em número maior que o necessário porque os funcionários públicos não podem ser demitidos. E numa época como essa o que mais vemos são funcionários públicos fazendo demanda por salários. Se atender a essas demandas, é preciso aumentar impostos, o que agrava a crise do setor privado, que demite mais. Existem carreiras do Estado, mas não faz sentido todos os funcionários trabalharem em regime estatutário, terem estabilidade e aposentadoria integral. Para algumas carreiras é preciso, nas tudo aquilo que não for fundamental ou carreira própria do Estado não precisa ser beneficiado pelo estatuto do funcionário. É algo que pode começar a ser discutido no Congresso. Vai dar problema? Vai. Brasília vai encher de carro de som. Não trará resultado imediato, mas começa a se encaminhar. Ajuste fiscal de curto prazo eficaz é o que corta programas […] Saiba mais

Leia também:

Servidor público – Uma questão de princípios

Série “Os Príncipes da Republiqueta” – Parte III

Enquanto isso, os magistrados…

Remuneração dos magistrados paulistas

4 Comentários to “Villela é contra a estabilidade do servidor público”

  1. Com esse discurso Villela tem assento garantido em governos tucanos em qualquer esfera, especialmente em 2018. Demonstra desconhecimento (sic) dos regimes de trabalho/contratação privado e público.

  2. Isso apenas demonstra o quanto ele desconhece a Constituição, para ser retirada a estabilidade será necessário igualar o regime, o Estado ficará mais caro pois terá que recolher sua parcela de FGTS, pagar hora extra, pagar os 40% de multa, abrir mão de forum especializado… além disso, ser funcionário público que seria atraente apenas por ter estabilidade, já que paridade e integralidade acabaram, e o regime de aposentadoria virou comum, estaria na vala comum… os bons, os melhores iriam para os que melhor pagassem e tivessem melhores benefícios, e todos nós sabemos que essa não é a melhor área do governo em relação ao funcionalismo…. acho que alguém tem que dar aulas para o Senhor Secretário, e até mesmo os repórteres têm que saber questionar mais essas idéias sem pé nem cabeça.

  3. O que é preciso para ser Secretário da Fazenda em São Paulo?

  4. E a turma do champgne do Palácio dos Bandeirantes, que ganham fortunas e nunca prestaram concurso? O que ele acha disso? Os 5, 6 anos que o Governo fica sem dar reposição de inflação aos servidores?

    Nojo desse cara e do chefe dele …

PARTICIPE, deixando sua opinião sobre o post:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: