Archive for janeiro 27th, 2016

janeiro 27, 2016

Governador abre o cofre para OAB

Alckmin quer tirar verbas da Assistência Judiciária das mãos da Defensoria Pública

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB) anunciou nesta segunda-feira (25/1) que, na reabertura do ano legislativo (dia 1º/2), encaminhará à Assembleia Legislativa o projeto de lei que separa os recursos da Assistência Judiciária, hoje totalmente administrados pela Defensora Pública e que passarão para a Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania.

Na abertura do ano Legislativo, em fevereiro, vamos mandar para Assembleia um projeto de lei separando os recursos destinados a pagar os advogados do convênio da Assistência Judiciária. Não há nada mais sagrado do que pagar quem trabalha [disse Alckmin aplaudido de pé pelos advogados presentes na reunião de presidentes de subseções da Ordem dos Advogados do Brasil de São Paulo]

read more »

janeiro 27, 2016

Auditores paralisam atividades em protesto!

Edição da MP do  governador da Paraíba oficializa calote ao servidor público

paraiba

.
Em entrevista ao Paraíba RádioBlog, presidente do Sindifisco-PB, Victor Hugo. comentou a Medida Provisória (veja aqui) assinada pelo governador, publicada nesta terça-feira (26) no Diário Oficial, que suspende os reajustes das remunerações e subsídios aos servidores civis e militares da administração direta e indireta do Poder Executivo estadual, bem como dos proventos dos servidores inativos e pensionistas.

Nos últimos anos, ao invés de investir no servidor e serviço público estadual, Ricardo Coutinho gastou cerca de R$ 2 bilhões com servidores não efetivos, comissionados e codificados.

A medida publicada no Diário Oficial suspende também o efeito da 1º da Lei nº 9.073, de 14 de maio de 2012, que instituiu como data-base de reajuste o dia 1º de janeiro, assim como as promoções e progressões funcionais previstas em lei para todas categorias de servidores civis e militares, salvo as decorrentes do ingresso do servidor na inatividade.

line2

Segundo declarações do auditor Amadeu Cordeiro*: “O governo da nossa terrinha, quando ainda engatinhava na política, usou os servidores públicos, suas associações e sindicatos, para chegar ao alto do poder. Apoiado em um “anda já” de palavras de ordem desvirtuadas da verdade, iludiu, e hoje mostra sua verdadeira face. O que faria hoje o Rei se não estivesse no poder? O tempo passa… a verdade se revela.”

line1

* Articulista do BLOG do AFR

Fonte: Sindifisco PB

Leia também:

Fisco paralisa atividade reivindicando diálogo com o Governo do Estado

Sefaz persegue fiscal combativo

Um Rei sem rosto numa moldura com Óleo de Peroba

Governador retalia articulista do BLOG do AFR