Mensagem aberta ao novel Corpo Diretivo do SINAFRESP

edisonf2webpEdison Farah

16 de janeiro de 2016      

Meus preclaros colegas que hoje assumem os destinos do nosso Sindicato,

Desde  a fundação desta agremiação tenho insistido em transmitir princípios que devem nortear a ação dos que se dispõem a representar e defender nossa carreira.

Incisivamente, desde a assunção da diretoria eleita para o mandato 2006-2008 elenquei os princípios que devem nortear a representação classista dos funcionários responsáveis pela coisa pública nesta terra, precipuamente aqueles que abraçam as carreiras típicas de Estado, como é o caso da nossa carreira. Entendo, e afirmo reiteradamente que é dever das carreiras essenciais a defesa dos verdadeiros interesses do povo, e a afirmação da república, vez que nosso povo é deficiente em termos de cidadania.

Sem dúvida, isto se tornou uma atitude neuroticamente repetida a cada nova posse da AFRESP e do SINAFRESP, hilária, para gáudio dos que me consideram perfeito idiota, utópico, romântico, mas a esses respondo que morrerei idiota, insistindo que somente sob o império  da ética haverá futuro digno para a humanidade.

A implementação da ética, e a busca permanente do melhor regramento para o contrato social no país,  nas relações e negócios  públicos, é a missão patriótica do funcionalismo , e será a única forma de, talvez, ainda lograrmos transformar o Brasil em uma nação republicana.

Ficou, nestes tempos de afloramento da canalhice generalizada que pauta a ação dos gangsteres que se apossaram das instituições políticas nesta terra, absolutamente  demonstrado que este comportamento traz inexoravelmente a destruição, e o esgarçamento do tecido social, e inviabiliza absolutamente a construção da Nação.

Assim, enquanto tiver voz, vou continuar pregando estes princípios que, entendo, devem constar da cartilha dos que se propõem representar funcionários públicos no Brasil.

Todavia, como estou velho, realmente cansado de escrever, reescrever, transcrever o mesmo blá, blá, blá, peço ao dileto Alfredo Maranca e demais companheiros agora eleitos para o sindicato, que acessem o link (aqui), que contem o texto enviado em janeiro de 2014 à atual diretoria da AFRESP, pilotada pelo Rodrigo Spada, porque ali está tudo o que entendo deva ser a missão tanto da AFRESP como do SINAFRESP.

À novel Diretoria e Conselho desejo profícua gestão, na esperança de que assimilem estes princípios, nem que seja por osmose, após tantas insistências, por anos e anos repetindo o mesmo mantra. Tragicamente  quase todas as diretorias  que tivemos até agora colheram retumbantes fracassos seja na defesa de nossos direitos usurpados, seja na tarefa primeira de um sindicato que é a de  transformar seus sindicalizados em um time.

Quero, e imploro ao Cosmos, sorte e piedade para  todos nós, os infelizes, aviltados, roubados e humilhados remanescentes da carreira em extinção dos componentes do fisco paulista.

Também recomendo que, para entenderem porque nossa carreira perdeu o bonde, e perdeu o respeito, leiam quem não leu, e releiam quem já leu, o assertivo texto do Rodrigo Guerra, colega do fisco federal (link aqui), que explica com clareza meridiana o caminho para se resgatar a dignidade das carreiras do fisco.

Dou loas a vocês, e os saúdo, diletos colegas, repositórios de nossas recorrentes esperanças, porque a esperança é a  última que morre, e não se vive sem esperança!

Todavia dizem, os mais pessimistas que eu, que quem vive esperando, morre…

Perdão, ó céus, como sou inconveniente!…rsrsrs

A festa nesta noite, no Jóquei de São Paulo, antigo reduto da aristocracia paulista, que agora está falida, pois o Jóquei não paga sequer o IPTU há vários anos, até nos dará, momentaneamente, pela pompa dos seus salões restaurados recentemente por uma empresa de eventos privada, e então agora aberto à plebe porque precisa lucrar, a ilusão de que ainda temos alguma importância no Governo de São Paulo, tantos serão os políticos hipócritas presentes no comensal, e que irão nos enfadar com seus papos demagógicos. Aconselho levarem antieméticos.

É provável que até o cínico (des) governador de São Paulo tenha a desfaçatez de aparecer, depois de nos ter sempre humilhado, e desmontado toda nossa carreira nestes seus tantos anos de desgoverno neste Estado.

Viva!

farah.edison@gmail.com

PERFIL e ARTIGOS de EDISON FARAH

NOTA: O BLOG do AFR é um foro de debates. Não tem opinião oficial ou oficiosa sobre qualquer tema em foco.
Artigos e comentários aqui publicados são de inteira responsabilidade de seus autores.

Tags:

PARTICIPE, deixando sua opinião sobre o post:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: