Fisco com autonomia e arrecadação recorde

Trabalho com riscos e bem remunerado entre R$ 16 mil e R$ 30 mil

O Rio Grande do Norte foi pioneiro em desvincular a arrecadação de impostos do seu órgão fazendário, com a criação da Secretaria de Estado da Tributação. Vinte anos depois, a SET comemora autonomia, liberdade política, trajetória ascendente na arrecadação, com crescimento que ultrapassa os 300% no ICMS, acima das médias nacional e do Nordeste.

O presidente da Associação dos Auditores Fiscais do RN, José Ribamar Damasceno, explica que antes de 1995 a equipe era parte de uma coordenadoria da Secretaria de Planejamento e Finanças, e que governadores tentavam interferir no setor:

A partir da criação da SET é que passamos a ter autonomia, com a responsabilidade apenas e exclusivamente da arrecadação de tributos. Antes tínhamos muita ingerência política […] Saiba mais

Leia também:

Autonomia do auditor fiscal é discutida no Senado

Autonomia do Fisco

Aprovada a Lei Orgânica do Fisco do Ceará

Lei Orgânica é aprovada no Pará

Da lei orgânica. Do moderno e do arcaico. Da dignidade de uma profissão. Do resgate de uma classe

Tags:

PARTICIPE, deixando sua opinião sobre o post:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: