Burocracia: Corrupção e atraso

João Francisco Neto

“Por um breve período, parecia que a vida do brasileiro iria se tornar mais fácil”

Não é de hoje que a população sofre com os efeitos do excesso de burocracia, que obriga o cidadão a mendigar direitos já assegurados em lei e na própria Constituição. São as inúmeras exigências descabidas ou inúteis, e documentos e certidões banais, mas que tomam muito tempo das pessoas e atravancam o desenvolvimento do País. Isso sempre foi visto de forma negativa pelo povo, porém o tempo passa e nada muda. O que fazer, então, para superar esse lamentável estado de coisas? Em 1979, ainda no governo militar, foi criado no Brasil o Ministério da Desburocratização. À frente estava o ministro Hélio Beltrão, homem público honrado e preparadíssimo. Beltrão era bem humorado e costumava dizer que o Brasil já havia nascido burocratizado, já que, em 1549, Tomé de Souza, o primeiro Governador-Geral, chega de Portugal de posse de um minucioso regimento, para ser aplicado numa terra com poucos habitantes, que só extraíam o pau-brasil. E, de lá para cá, a papelada nunca parou de aumentar […] Continue lendo

Tags:

PARTICIPE, deixando sua opinião sobre o post:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: