Pen drive é apreendido na casa de auditor fiscal do Paraná

Dados obtidos indicavam empresas, valores de propina e forma de divisão

A nova etapa da Operação Publicano, que apura um esquema de corrupção na Receita Estadual do Paraná, foi deflagrada na quinta-feira (3), com 42 pessoas presas. De acordo com o promotor, Jorge Barreto da Costa, os dados davam conta da atuação da organização na abordagem de empresas na região de Londrina, no norte do estado:

No pen drive encontramos planilhas com códigos que indicavam os nomes das empresas, os valores cobrados de propina, a forma de divisão desses valores e para quem eles eram destinados. Isso teve um peso importante para o desencadeamento da quarta fase, mas é apenas um dos elementos. Tem o pen drive, o colaborador [Luiz Antônio de Souza] e as demais provas que foram recolhidas durante a investigação. O esquema nesta quarta fase funcionava da mesma maneira do que foi descrito anteriormente: auditores compareciam na empresa para fazer a fiscalização, apontavam a existência de irregularidades, uma eventual multa, e negociavam com os empresários a propina para não lavrar multa ou em preços muito menos que o devido” […] Saiba mais

Leia também:

[Áudio] Corrupção no CARF

Delação de fiscal leva à prisão ex-delegado tributário

Poder e corrupção [Artigo, por Dr. João Francisco Neto]

Tags:

3 Comentários to “Pen drive é apreendido na casa de auditor fiscal do Paraná”

  1. O país inteiro vinha nesse esquema a décadas estavam tão despreocupados que podiam roubar tranquilos que não escondiam nada, agora falta chegar em São Paulo, aí a coisa vai pegar.

  2. Hoje aposentado estou tranquilo, durante muito tempo fui AFR, creiam não dá pra enriquecer se vc vive de salário, mas pode-se viver com descencia. Quanto a corrupção no meio, ou quaisquer outra função pública, enquanto não houver uma legislação forte que puna o enriquecimento ilícito, e inverta o ônus da prova em que o acusado deve comprovar a origem dos bens e valores, infelizmente tudo isso vai perdurar. Contudo quem seria o parlamentar que enviaria um projeto de lei assim no congresso? Na maioria deles seriam um tiro no próprio pé. Inteh.

PARTICIPE, deixando sua opinião sobre o post:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: