A violência banalizada

jfrancisconewJoão Francisco Neto

“O serviço público continua cheio de tipos dessa natureza: funcionários medíocres”

Nos últimos tempos, o Brasil mudou muito, e, em vários aspectos, para melhor. Hoje, embora ainda exista muita miséria, come-se muito mais e melhor; e milhões de pessoas passaram a consumir bens outrora impensáveis, como veículos, eletrodomésticos, computadores, celulares, etc. Isso sem contar as amplas possibilidades de viagens de turismo, que tanto atraem a emergente classe “C”. Todavia, há um aspecto da vida que piorou muito: a violência e a insegurança. Para resumir: ninguém mais vive tranquilo neste País. Todos se perguntam onde foi parar aquela tranquilidade de que desfrutavam as pessoas que moravam nas pequenas localidades, e mesmo em alguns bairros tranquilos das grandes cidades. Hoje, a violência e a insegurança são tamanhas que até o campo, as fazendas, as chácaras e os sítios transformaram-se em locais muito perigosos para se viver.

Não é preciso sair de casa para constatar isso; basta ligar a TV ou ler um jornal. Nesse sentido, há uma perplexidade generalizada diante da violência crescente, cujos limites são diariamente ultrapassados.  

A cada dia, novos casos se sucedem, cada um mais pavoroso do que o outro. É a violência nas escolas, em que alunos se agridem, e agridem professores; é a violência das ruas, em que, a qualquer hora, podemos ser surpreendidos por um assalto; é a violência no trânsito […] Continue lendo

PARTICIPE, deixando sua opinião sobre o post:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: