[Charge] da Série “Notícias do Tucanistão”

tucanistao2

Notícia do Sinafresp: “Mobilização segue dando resultados (?) e secretário pede espaço (!) para continuar negociações”

+ Charges

Tags: ,

3 Comentários to “[Charge] da Série “Notícias do Tucanistão””

  1. Boa noite.
    Colegas, a inoperância atual do nosso Sindicato é quase que uma unanimidade.
    Agora o que eu queria ressaltar é a falta de participação adequada da AFRESP em todo esse processo de luta. Tudo bem que o objetivo da AFRESP é o “social”. Porém, como a AFRESP possui uma grande arrecadação, o mínimo que eu esperava era um maior apoio, ainda que puramente financeiro, nesse momento muito difícil por que passa a classe.
    Falo isso após receber, extremamente revoltado, a Primeira Edição da Revista “Classe” elaborada pela AFRESP e enviada, em papel, pelos Correios.
    Em pleno “uso” da Internet, acho que não se justifica a enorme despesa que a tiragem dessa revista em papel exigiu (ainda que patrocinada total ou parcialmente). Não seria melhor e mais barato criar essa Revista virtual no “site” da AFRESP. Revista com qualidade de impressão de primeiro mundo para uma classe cada vez sucateada pelo Governo e, infelizmente, por nós mesmos.

  2. Jean, não entenderemos nunca como se processam as tomadas de decisões nesta terra, nas cavernas subterrâneas do poder, como se faz o arreglo e os conchavos no uso dos recursos públicos ou privados, etc etc….
    Todavia, o que a vida nos ensinou é que como é em cima é embaixo: o Brasil no caos , a anarquia generalizada, com prevalência da mentira e do teatro nas instituições….Os 3 poderes, Congresso, Judiciário, tudo falido mas em permanente show midiático.
    Um governadorzinho, gerente de botequim, medíocre, recebe prêmio no Congresso pela crise hídrica……rsrsrsrs
    No Brasil premia-se a incompetência!
    Imagine-se a perplexidade de um extraterrestre ao avaliar as qualificações da Presidente e do Ministros do Brasil…rsrsr
    Imagine o susto de um marciano ao se deparar com a maior cidade da América Latrina desgovernada por um completo celerado que está eliminando qualquer resquício de vida civilizada na pauliceia…
    O fisco paulista agonizando, e as nossas soi disant “lideranças” vivem na ilha da fantasia, emulando a revista “CARAS” para dondocas nos cabeleireiros.
    E na contramão dos tempos em que tudo é digital, mais um punhado de papel que irá direto ao lixo, como os dois jornalecos, do SINAFRESP e da AFRESP, que não se sabe a que interesses servem ao continuarem as edições impressas, que sempre saem 2 meses defasadas…, e contra a recomendação de todos os especialistas em comunicação social moderna.
    Devemo rir ou chorar, pelo Brasil, por nós, pelo planeta?
    Foco, minha gente, FOCO!!!

  3. Jean e Edison,

    Posso estar enganado, pois não sou especialista no assunto, mas a tendência é exatamente inversa desta que a Afresp seguiu (virtual para o papel). Todos as mídias impressas registram queda da tiragem (impressões na gráfica) e já ocuparam seu espaço na internet, com boa parte do conteúdo (inclusive vendendo assinatura para acesso total na telinha do computador do leitor). A conclusão que se chega é que a grande maioria de leitores prefere a opção online, especialmente pela velocidade de acesso, sem falar na questão ambiental (hoje o papel vale ouro). Tudo bem, vão dizer que a Afresp também disponibilizou online o acesso da nova revista.

    Mas, o que gostaria de ressaltar é outro ponto fundamental, o feedback do leitor (espaço para comentários e opiniões), que as revistas e jornais já fizeram online, e, inclusive o Blog Afresp (não o Blog do AFR) que, registre-se, foi abandonado a tempos e sobrevive ligado a aparelhos na UTI (somente com manchetes copiadas da grande mídia). Na campanha eleitoral havia a promessa da nova gestão em REATIVAR o Blog (da forma que, aliás, nunca foi plenamente ativado, sabe-se lá, por forças ocultas).

    A pergunta que não quer calar: A quem será distribuída a tiragem de 20.000 exemplares? Quem se interessa pelos temas ali tratados?

    Aproveito a oportunidade para compartilhar um artigo que escrevi nos bons tempos do Blog Afresp, sobre a imprescindível “colaboração em massa”, para uma verdadeira eficácia de um projeto de comunicação classista (sem a efetiva participação com espaço para comentários e opiniões dos leitores pode-se dizer que é um projeto “prato pronto” ou “de cima pra baixo”:

    https://blogafresp.wordpress.com/2013/07/21/blogafresp-e-colaboracao-em-massa/

PARTICIPE, deixando sua opinião sobre o post:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: