Fiscal preso aceita fazer delação premiada

Propina de dez anos arrecadaram pelo menos 35 milhões

Um fiscal do ICMS fechou acordo de delação premiada com o Ministério Público Estadual (MPE). Ele faz parte de um esquema de corrupção descoberto dentro da Secretaria Estadual da Fazenda e foi preso juntamente com outros seis agentes, em julho. O suspeito decidiu colaborar com as investigações em troca de benefícios da Justiça como a diminuição de pena, em caso de condenação. Promotores do Grupo de Atuação Especial de Repressão a Delitos Econômicos (Gedec) confirmaram o acordo, mas não quiseram dar entrevista e nem informações sobre o caso. O depoimento do fiscal está previsto para os próximos dias. O nome do delator não foi revelado.

Cobrança de propina rendeu promoção a fiscal, diz testemunha – O “sucesso” do esquema de cobrança de propina no caso envolvendo a empresa Prysmian Energia Cabos e Sistemas do Brasil S/A teria rendido uma promoção ao fiscal José Roberto Fernandes dentro da delegacia regional tributária de Sorocaba, no interior paulista. Ele foi preso no dia 24 de julho pela Operação Zinabre com outros quatro agentes acusados de integrar a máfia do ICMS em São Paulo […] Saiba mais

Leia também:

Demitido fiscal envolvido em fraude bilionária do ICMS

Preso ex-auditor que cobrava propina para excluir nomes da delação premiada

ICMS – Desvendado esquema bilionário de sonegação

Caso do juiz do TIT causa constrangimento à carreira

3 Comentários to “Fiscal preso aceita fazer delação premiada”

  1. Nessa altura do campeonato tem camarada com pesadelo, vai entregar todo mundo. Nada como ter a consciência limpa e encostar a cabeça no travesseiro e dormir o sono dos justos. Não fiquei rico e tudo que tenho é a minha família com os filhos criados e vivo dos proventos da aposentadoria, num acumulei riquezas materiais, mas nessa altura do campeonato não faz nenhuma diferença. Vou levando a vida numa boa e quem sabe chego aos noventa. RSSSSSS. Inteh.

  2. Piada de português: Justiça de SP proibe Fisco Paulista de fiscalizar empresa “vítima” de esquema de corrupção…

    http://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/agencia-estado/2015/09/08/justica-veta-acao-de-sp-contra-empresa-suspeita-em-caso-da-mafia-do-icms.htm

    Saravá!

    Carlos

  3. Não é piada, é fato. O Governo e sua cúpula (e isso incluiu alto escalão de Secretarias) usa dessa estratégia para coagir quem quer contribui com investigações contra agentes do Governo.

    Olha o caso Siemens, a única empresa que sofreu retaliação foi ela, enquanto todas que “negaram” o cartel ficaram imunes a qualquer “indignação” do Governo.

    Com certeza não é o ideal, pois esses caras são tão bandidos quanto quem foi corrompido. Mas pode sair mais vantajoso para o Estado (Estado mesmo, não Governo), deixar que todos falem o que tem que falar sem nenhum tipo de pressão e assim quem sabe tirar essa corja da Administração Pública. Nem que isso custe alguns creditozinhos tributários em prescrição.

PARTICIPE, deixando sua opinião sobre o post:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: