TJ-RJ aprova auxílio-educação e locomoção para juízes

Benefícios somam R$ 4 mil mensais

O Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro aprovou, em uma votação a jato, em 27 de abril, novo texto para projeto de lei que trata do auxílio-educação para magistrados e demais servidores com até três filhos entre 8 e 24 anos de idade. A emenda dos desembargadores deverá ser incluída no projeto já em tramitação na Alerj, encaminhado pelo TJ-RJ no ano passado.

Pela nova proposição, juízes e desembargadores poderão receber por mês R$ 953,47 para cada filho, sendo até o limite de três. Os valores deverão ser destinados ao custeio da educação básica, ensino superior e/ou curso de pós-graduação. O projeto anterior previa os recursos para pagamento de outras despesas, como material escolar e uniformes.

Na mesma sessão, foi aprovada resolução que institui auxílio-locomoção* para os juízes da primeira instância. Segundo o presidente da corte, os promotores de Justiça já recebem o benefício. “Dou como aprovado o projeto que institui o auxílio-transporte para os magistrados de primeiro grau”, afirmou Carvalho com a anuência do colegiado […] Saiba mais

Íntegra PL 3181/2014

* R$ 1,1 mil

Leia também:

Juízes do Rio pedem auxílio-educação

STF: Auxílio-moradia para todos juízes federais

Auxílio-alimentação de juízes é aviltante…

5 Comentários to “TJ-RJ aprova auxílio-educação e locomoção para juízes”

  1. Desembargador do TJ-RJ critica auxílio-educação para a corte

    Artigo do desembargador do TJ/RJ Siro Darlan:

    “…O custeio de um benefício exclusivista, destinado a uma pequena casta de servidores públicos (magistrados e servidores), pagos com salários bem acima do mercado e muito acima daqueles pagos por funções equivalentes no Poder Executivo e no Poder Legislativo, é um evidente desvio de finalidade, com repercussões, inclusive, na seara da improbidade administrativa…” Leia o artigo completo

  2. Uma afronta ao cidadão comum o que o intocável, exdrúxulo, caro, paquidérmico, gastador, insensível Poder Judiciário faz com ele. Muita cara dura dos Srs. dizerem que não sairá do orçamento nem dos impostos do cidadão. Nem precisa né, afinal de contas existem os Cartórios, que graças a uma incrédula e burocracia sem precedente na Via Láctea. O poder executivo e legislativo são doenças curáveis a cada eleição.
    O Poder Judiciário, um câncer para toda a sociedade que o sustenta.

PARTICIPE, deixando sua opinião sobre o post:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: