Archive for abril 4th, 2015

abril 4, 2015

Páscoa e Pessach…

edisonf2webpPara todos os meus queridos:
Comungo, adoto e repasso a feliz e oportuna mensagem do nosso dileto Carlinhos Brickmann e equipe, nesta Páscoa do ano de 5773, ou 2013, querendo para todos que esta data seja uma possibilidade de profunda reflexão sobre o que leva as pessoas, em seus microuniversos, e os povos, a tanta desídia, destruição e dor, ainda, depois de tantos milênios de existência neste planeta.
Beijos
Edison Farah

AspasA…ma mesma época, duas religiões mostram as duas faces do mundo ideal
Páscoa e Pessach, Pessach e Páscoa: a ordem é Convivência, a ordem é Tolerância
Na mesma semana, Páscoa e Pessach
O Pessach judaico marca
A passagem da escravidão à Liberdade
A Páscoa cristã assinala
A vitória da Vida sobre a morte
Pessach e Páscoa
As duas faces do mundo como ele deveria ser.
Feliz Páscoa!
Pessach Chag Sameach!
2013AspasF

Leia também:

Milagre em causa própria

Apetite tributário na Páscoa do brasileiro

abril 4, 2015

Assédio Moral no trabalho

jfrancisconewJoão Francisco Neto

“No Estado de São Paulo vigora a Lei nº 12.250/2006, que proíbe expressamente a prática do assédio moral”

Nos dias de hoje, fala-se muito em assédio sexual, mas há outra prática perversa que atinge considerável número de pessoas, e que, contudo, não é tão comentada: trata-se do assédio moral. O conceito de assédio moral, intimamente ligado às relações de trabalho, embora não se restrinja somente a esse caso, envolve todas as ações, palavras, atos e gestos, praticados de forma repetitiva por qualquer pessoa que, abusando da autoridade que lhe conferem suas funções, tenha por objetivo atingir a autoestima de outra pessoa.

O assédio moral é muito praticado por patrões, chefes e superiores em geral, que procuram humilhar e constranger o funcionário, mediante insinuações maldosas, desqualificação do trabalhador, recusa na comunicação direta, imposição de metas inatingíveis, isolamento no ambiente de trabalho, imposição de clima de insegurança quanto ao próprio emprego, etc.

Veja-se que a lista acima é uma pequena demonstração do inferno que pode se transformar a vida do trabalhador que venha a ser vítima do assédio moral, e que, em virtude disso, passa a sofrer de distúrbios comportamentais, depressão, perda da motivação, problemas de relacionamento familiar, e por aí vai. Normalmente, o assediador pretende que o funcionário peça a demissão, ou a transferência, no caso do serviço público. Mas, há muitos casos em que o assédio moral se dá por várias outras razões […] Continue lendo