Ineficiência do setor público: Gargalos competentes

alexandroafonsoAlexandro Afonso

O gargalo serve, neste caso, como multiplicador da oportunidade de corrupção

Voltamos ao assunto “ineficiência do setor público no Brasil” para tratar de mais uma característica de nosso sistema de gestão tradicional, desta vez criados por leis e decretos. Falo daqueles pequenos artigos que dizem, por exemplo: “são competentes para deferir…”. Esta é mais uma característica que parece boa, mas não é.

Lembro que aos 14 anos li um livro sobre administração que tratava de gargalos (teoria das restrições). Este não é um assunto que chamaria a atenção de um adolescente, mas ele me fascinava. Um livro famoso que aborda o tema é “A Meta”, um romance explicando administração básica. O conceito de trabalhar os gargalos foi extremamente útil para o meu sucesso profissional e nos estudos. Eu os utilizo desde que eu me dei conta de sua importância para tudo em minha vida. No tempo em que fui gestor da Secretaria da Fazenda não agi de forma diferente: identifiquei e eliminei alguns gargalos que deixaram os processos mais eficientes. Algumas destas melhorias foram na razão de 1 para 4, ou 300% mais eficientes. O conceito é básico, mas extremamente importante […] Continue lendo (requer senha)

Tags:

PARTICIPE, deixando sua opinião sobre o post:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: