Archive for janeiro 4th, 2015

janeiro 4, 2015

O fetiche dos cargos

jfrancisconewJoão Francisco Neto

“O ponto alto de uma apresentação é a leitura do currículo do palestrante”

Não é de hoje que o Brasil é conhecido com a terra dos “doutores” e bacharéis. Por aqui, o simples fato de alguém ocupar um alto cargo, uma direção, seja lá o que for, ou, ainda, ser o proprietário de um grande negócio, já basta para que o dito cujo passe a receber a deferência de ser chamado de “doutor”. Nas grandes empresas e instituições públicas, então, isso é quase uma lei: o “pessoal de cima” será sempre “doutor”.

A ironia nisso tudo é que os verdadeiros doutores – com defesa de tese de doutorado – raramente são chamados de doutores; aliás, a maioria nem faz questão disso, reservando o grau acadêmico para mera citação no currículo.  O fato é que vivemos num país estranho, onde as aparências contam muito. Nessa (falsa) linha, supõe-se que aqueles que ocupam os mais altos cargos sejam sempre detentores de mais conhecimentos do que os demais, que estão “por baixo”. Caso vivêssemos no mundo da meritocracia até deveria ser assim, mesmo. Mas, não é […] Continue lendo