Archive for dezembro 14th, 2014

dezembro 14, 2014

Dilemas morais

jfrancisconewJoão Francisco Neto

Há situações em que, por mais que se pense numa saída razoável, todas as alternativas nos parecem insatisfatórias. São casos cuja decisão sobre o que é certo ou errado nos levam a uma verdadeira encruzilhada de dúvidas. Isso tem sido objeto de estudo por parte de filósofos e neurocientistas, interessados na análise do comportamento humano, principalmente em relação às tomadas de decisão.  Há vários exemplos dessas situações. Para melhor esclarecer, ficaremos com dois casos clássicos, conhecidos como o “Dilema do Vagão”.

O vagão de um trem desgovernado está prestes a atingir e matar cinco trabalhadores que se encontram nos trilhos; o condutor pode evitar a tragédia, acionando uma alavanca que desviará a máquina para outra linha, onde atingirá apenas uma pessoa. Em outra situação, o vagão, se continuar seguindo pela linha, também matará cinco pessoas; aqui, porém, não há desvio, mas um observador que está sobre uma ponte poderá parar o vagão se empurrar para os trilhos uma pessoa muito gorda, que também se encontra sobre a ponte. Essa pessoa morreria, porém, em contrapartida, seria evitada a morte das outras cinco […] Continue lendo

Tags:
dezembro 14, 2014

Fisco investiga esquema de sonegação no Habib’s

Denúncia partiu de franqueado da rede no Rio Grande do Sul

A operação Flex Food, que investiga a rede de fast-food Habib’s por sonegação fiscal, confirmou três tipos de fraude: subfaturamento das notas de entrada, venda sem documentação fiscal e a classificação de produtos em desacordo com a legislação (para tributação menor).

Um ex-franqueado deu detalhes do esquema de sonegação que presenciou há 12 anos. Segundo ele, os candidatos a franqueados, depois de uma criteriosa seleção, passavam por um treinamento em que era explicado o caminho para se alcançar a alta rentabilidade prometida:

Eles garantiam os 20% de rentabilidade, desde que você sonegasse

Segundo o ex-franqueado, Alberto Saraiva, em geral, um dos caixas das lojas não era ligado ao Fisco. Se o franqueado vendia R$ 5 mil no dia, ele declarava R$ 3 mil ao Fisco e sonegava R$ 2 mil. Além disso, todas as segundas-feiras, segundo a fonte, uma pessoa enviada pela holding passava nas lojas para pegar o dinheiro, em espécie, referente aos chamados royalties […] Saiba mais

Leia também:

Operação desmonta esquema de R$ 250 milhões

Operação mustang apreende 70 carros antigos

Messi será julgado por evasão fiscal

Empresários são condenados por sonegação de R$10 mi

AFRs apreendem mais de R$ 500 mil com empresário