AFRFB: Média de idade é de 51 anos

Atualmente, 600 auditores se aposentam por ano, segundo o sindicato

O alerta veio através do Sindicato Nacional dos Auditores-Fiscais da Receita Federal (Sindifisco Nacional) sobre a elevada média de idade da categoria, de 51 anos, é um indício de que a perda de servidores por aposentadoria deve se agravar.

No último dia 5, representantes da comissão dos excedentes do atual concurso e do Sindifisco Nacional se reuniram com o deputado federal Otoniel Lima (PRB/SP), com o objetivo de buscar apoio para a nomeação dos aprovados além do número de vagas. De acordo com o sindicato, Otoniel Lima se mostrou sensível ao pleito apresentado e se comprometeu a interceder junto ao governo para que avalie, o quanto antes, a possibilidade de nomeação dos excedentes.

Através de ofício encaminhado à Associação Nacional dos Auditores-Fiscais da Receita Federal (Anfip), o secretário da Receita Federal, Carlos Alberto Barreto, informou que já foi solicitada ao Planejamento a autorização para nomear os 552 aprovados no concurso realizado este ano. O aproveitamento de todos os habilitados é essencial, inclusive, à abertura da nova seleção para auditor e analista-tributário (superior) antes do término da vigência da atual […] Saiba mais

Evolução do quadro da carreira AFRFB

Leia também:

Resultado final: Concurso Auditor-Fiscal da Receita Federal

Escalada de aposentadorias na Receita Federal

Sindicatos se posicionam sobre defasagem de servidores

Sindifisco Nacional defende convocação dos excedentes

AFR/SP – EC 47/2005 – Aposentadorias versus nomeações

Divulgado o quadro de vagas da Sefaz-SP

4 Comentários to “AFRFB: Média de idade é de 51 anos”

  1. O Deputado João Dado recebeu hoje no escritório de São Paulo Kelson Chan e Felipe de Moura Pedro, Remanescentes Aprovados no Concurso De Agentes Fiscais de Rendas/SP/2013 para uma conversa de apoio a convocação.

    http://goo.gl/Pqj3Cs

  2. Esperar que a sefaz SP olhe para o futuro e faça um bom planejamento, chamando os remanescentes do último concurso, para que não fique como a RFB…

  3. As aposentarias preocupam e afetam mtos fiscos. Sem dúvida, seria interessante que a Fazenda não negligenciasse o quadro de AFRs, deixando a situação crítica para o bom desenvolvimento dos trabalhos das equipes. Os remanescentes do concurso de 2013 são uma boa opção para evitar os problemas decorrentes do alto número de aposentadorias já concretizadas e das que estão previstas, em grande número.

PARTICIPE, deixando sua opinião sobre o post:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: