Op. Paraíso Fiscal: Auditora é demitida

Servidora é acusada de integrar organização que vendia fiscalizações

A auditora fiscal da Receita Kazuko Tane foi demitida a bem do serviço público por ato de improbidade administrativa. Kazuko foi alvo da Operação Paraíso Fiscal, investigação integrada da Polícia Federal, da Procuradoria da República e da Receita que, em 2011, desmantelou organização criminosa que se apossou da Delegacia do Fisco em Osasco (Grande São Paulo) para um esquema de fiscalizações e fraudes no ressarcimento de tributos. A PF apreendeu, na ocasião, R$ 12,9 milhões em dinheiro vivo com os auditores. O dinheiro estava escondido em caixas de leite, fundo falso de armários e no forro da residência de um dos acusados.

A demissão foi decretada pelo ministro interino da Fazenda Paulo Rogério Caffarelli, por meio da portaria 277 publicada no último dia 8 de julho no Diário Oficial da União. Kazuko foi demitida com restrição de retorno ao serviço público – está impedida de, no futuro, tentar uma nova carreira no funcionalismo.Segundo o ministro, a servidora:

valeu-se do cargo para lograr proveito pessoal ou de outro, em detrimento da dignidade da função pública como procuradora ou intermediária, junto a repartições públicas […] Saiba mais

Leia também:

MP Federal recorre por condenação de auditor fiscal da Receita

Auditor da Receita vira réu por contrabando

Demitido auditor da Receita por receber propina do Corinthians

Morte de Auditor da Receita Federal merece investigação

Sindifisco Nacional contrata criminalista

Tags:

PARTICIPE, deixando sua opinião sobre o post:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: