Archive for janeiro 27th, 2014

janeiro 27, 2014

Home office para servidores do TJ-SP

José Renato Nalini: “os funcionários podem produzir mais”

Os cerca de 50 mil funcionários do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) poderão trabalhar dois dos cinco dias úteis em casa. É o que o novo presidente do tribunal, o desembargador José Renato Nalini, anunciou ontem durante cerimônia de posse.

Em entrevista, sobre o home office disse que a tendência é essa, não é o TJ-SP que está inventando:

Há alguns anos, esteve no Brasil o ministro Anthony Kennedy, da Suprema Corte dos Estados Unidos, e ele decidia do exterior os processos que chegavam para ele. Já existe um sistema que permite a decisão de casa, cada desembargador tem a sua assinatura eletrônica, recebe o processo, lê e já decide. Isso não deixa a pessoa mais tranquila, ao contrário, ela está sobre vigilância permanente, pois está com o celular, ele toca e é preciso responder.

O home office seria uma das medidas para encarar o problema de insuficiência de recursos no órgão.

Vamos ver se consigo fazer também a flexibilização de horário. Em vez de fazer com que 50 mil pessoas ingressem no mesmo horário, a ideia é que alguns trabalhem em home office. O que nos interessa é produtividade[…] Leia mais

Leia também:

Valorização das carreiras do Serviço Público

Bônus no serviço público: Muito mais problema do que solução

TJ-SP tem teto salarial quatro vezes o oficial