Rede Globo recebe multa por manobra contábil

Auto de infração corrigido passa de R$ 1 bilhão

A Receita Federal multou as Organizações Globo por uma manobra contábil proibida. Em valores de hoje, a dívida passa de R$ 1 bilhão. A empresa carioca recorreu em Brasília, mas não teve sucesso. Depois de quatro anos de processo, a Receita Federal decidiu que as empresas envolvidas são obrigadas a pagar uma multa bilionária.

A empresa conseguiu transformar uma dívida de mais de R$ 2 bilhões em um crédito de mais de R$ 300 milhões, em apenas 30 dias. Segundo a Receita, foi uma manobra contábil, uma jogada que um dos envolvidos em julgar o caso descreveu como “cheia de artificialismos”. A operação que deu origem à cobrança envolveu várias empresas: Globopar, TV Globo e a Globo Rio.

De acordo com a Receita, “tal fato representa mais um indício de que as operações foram realizadas apenas para a criação, transferência e amortização de um ágio inexistente, a reduzir indevidamente os tributos devidos pelo interessado”. No processo, a empresa disse que agiu de acordo com a legislação tributária. Esta é a segunda vez que a Receita acusa empresas da família Marinho de fazer manobras contábeis para não pagar impostos.

Em outro caso, a receita disse que a Globopar simulou investimento numa empresa baseada nas Ilhas Virgens Britânicas para fugir do fisco e não pagar os impostos sobre a compra dos direitos de transmissão da Copa do Mundo de 2002. Em nota, a Globopar disse que, neste caso, já acertou as contas com a Receita. Mas existe uma terceira cobrança, esta já em execução judicial […] Leia mais

Leia também:

Sócio da Daslu é condenado por fraude tributária

MP quer apurar sonegação envolvendo a Rede Globo

Ambev quita autuação de R$ 8,2 mi por fraude fiscal

Tags:

2 Comentários to “Rede Globo recebe multa por manobra contábil”

  1. Estou curioso como este tipo de notícia vaza: O que aconteceu com o sigilo fiscal? A Globo abriu mão?

  2. Artigo no conjur sobre o assunto: http://www.conjur.com.br/2013-set-16/carf-nega-recurso-globo-autuacao-713-milhoes-uso-agio

    O uso do ágio em fusões e aquisições sempre dá confusão. O Itaú, por exemplo, foi autuado em 17 bilhões, segundo notícias. Veja tb este caso: http://www.conjur.com.br/2011-nov-06/leia-acordao-carf-autorizou-vivo-usar-agio-abater-tributos

PARTICIPE, deixando sua opinião sobre o post:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: