Auditores deixam CARF após contestar Receita

Dos três rebaixados, um foi exonerado

Servidores da Receita Federal que julgaram a favor dos contribuintes em operações consideradas ilegítimas pela Receita Federal não tiveram a permanência renovada no Carf (Conselho Administrativo de Recursos Fiscais).

Os três votaram a favor dos contribuintes em casos em que se discutia a possibilidade de uso do ágio interno para abater imposto.

Carlos Guerreiro, um dos auditores que deixaram o Carf, hoje trabalha na alfândega do aeroporto de Porto Alegre. Ele votou ‘contra’ a Receita no caso Gerdau, afirma que o fisco extrapola sua incumbência:

A não ser que haja uma lei dizendo que o planejamento tributário é ilícito, ele é lícito. O mandato de três anos venceu e eles [a Receita] não renovaram. Fomos os únicos a não ter a renovação. Eu queria continuar no Carf, meus superiores diretos também. Então por que eu saí? Tire sua conclusão

Advogados que defendem empresas no Carf dizem que a pressão sobre os conselheiros cresce em casos que envolvem bilhões […] Leia mais

Leia também:

(Não) Sorria! Você está sendo filmado!

Assédio moral na Paraíba

Governador retalia articulista do BLOG do AFR

PARTICIPE, deixando sua opinião sobre o post:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: