Archive for julho 6th, 2013

julho 6, 2013

Concurso AFR-2013. Resultado pós perícia PNE

happysmilyEDITAL DRH Nº 22/2013
A COMISSÃO DE CONCURSO, no uso das suas atribuições legais, em conformidade com o Edital de Abertura de Inscrições DRH n.º 01/2013, publicado no D.O.E de 03/01/2013, destinado ao preenchimento de 885 (oitocentos e oitenta e cinco) cargos vagos da classe de Agente Fiscal de Rendas-AFR, RESOLVE:
I. TORNAR PÚBLICO o Resultado Final dos candidatos habilitados do certame, consoante ao item 9.6 do Capítulo 9 c/c subitens 3.4.2.1 e 3.4.2.2 do Capítulo 3 todos do referido Edital de Abertura de Inscrições, após a publicação do Edital n.º 21, de 02 de julho de 2013 referente à perícia final do DPME.
II. INFORMAR que os candidatos estão classificados em listas geral (ampla concorrência) e especial (candidatos inscritos na qualidade de pessoa com deficiência) por área de conhecimento, conforme Anexo Único deste Edital.
III. COMUNICAR que, a partir da data de publicação deste Edital, as notas de todos os candidatos relacionados no Anexo Único deste Edital poderão ser consultadas no site da Fundação Carlos Chagas.
IV. DESTACAR que o concurso será homologado com fulcro no Capítulo 13 do Edital de Abertura de Inscrições DRH n.º 01/2013, por ato específico do Sr. Secretário desta Pasta.

13. DA HOMOLOGAÇÃO
13.1 O resultado final do Concurso, após decididos todos os recursos interpostos, será homologado por ato do Secretário da Fazenda e publicado no Diário Oficial do Estado de São Paulo, em listas geral (ampla concorrência) e especial (candidatos com deficiência) por área de conhecimento, em ordem classificatória contendo a relação dos candidatos habilitados.

Download da publicação

Leia também:

EC 47/2005 – Aposentadorias X nomeações

Concurso AFR-2013 – Lista dos aprovados

Divulgado o quadro de vagas da Sefaz-SP

Concurso AFR-SP – Candidatos/vaga

Gabarito – AFR/SP 2013

Concurso AFR-SP – Saiu o Edital

Tags:
julho 6, 2013

Ambev quita autuação de R$ 8,2 mi por fraude fiscal

Fraude foi descoberta durante vistoria da Secretaria da Fazenda da Bahia

A Ambev devolveu em junho R$ 8 milhões ao governo da Bahia por sonegar durante dois anos informações fiscais da empresa localizada no Pólo Petroquímico de Camaçari, Região Metropolitana de Salvador. A denúncia de fraude ao Imposto de Circulação sobre Mercadoria e Serviços (ICMS) foi feita pelo Ministério Público do Estado. Em nota, a Ambev afirmou que o caso “não trata de sonegação”, mas de “extravio de documentos comprobatórios”.

——–

Segundo o MP, os donos da cervejaria “fraudaram a fiscalização tributária ao inserir elementos inexatos em sua escritura fiscal e contábil, mediante a conduta de utilizar-se de crédito fiscal sem a devida comprovação, que se dá com a apresentação de nota fiscal idônea“.

——–

A cervejaria já realizou o pagamento da dívida. De acordo com a promotora de Justiça Vanezza Rossi, a devolução dos R$ 8.191.663,69 aos cofres públicos isenta os denunciados da pena por sonegação fiscal […] Leia mais

Leia também:

ICMS – Desvendado esquema bilionário de sonegação

Fraude milionária no ICMS

Crime tributário só ocorrerá em fraudes

RJ: PF combate fraude milionária contra o Fisco

Operação Alquimia para desmontar fraude ao Fisco