Archive for junho 26th, 2013

junho 26, 2013

Homologação – Promoção por Merecimento 2010

extragResoluções de 25-6-2013
O Secretário da Fazenda (…) PROMOVE por merecimento a partir de 01-08-2010, do Nível II para o Nível III, no cargo de Agente Fiscal de Rendas do SQC-III do QSF, os servidores relacionados

94 para o Nível III
104 para o Nível IV
123 para o V
126 para o VI

Homologando, nos termos do parágrafo 4º, do artigo 9º, do Decreto 30.671, de 07-11-1989, alterado pelo inciso V do artigo 1º, do Decreto 43.062, de 28/4/1998, a listagem resultante do processo de Promoção por Merecimento dos integrantes da classe de Agente Fiscal de Rendas, referente ao exercício de 2010 […] Leia mais

Download lista completa (pdf)

Diário Oficial de 26-06-13

Leia também:

Resultado – Promoção por merecimento 2010

Comunicado – Promoção por merecimento 2010

junho 26, 2013

Mulher substitui marido no comando da Sefaz

O Casal Kirchner do fisco mineiro

A sucessão do superintendente da Secretaria de Estado da Fazenda em Uberaba, Triângulo Mineiro, remete a um caso com ares de nepotismo e tráfico de influência. Depois de permanecer por quase duas décadas no governo, Roberto Tosto Dias precisou se aposentar. Coube à sua mulher, Duzolina Borges Dias, a tarefa de sucedê-lo na superintendência que responde pela pasta da Fazenda na região.

____________________

Cabe destacar que Roberto, assim como todos os servidores do governo de Minas, assinou um termo “antinepotismo”, exigido pelo decreto 45.604 de 2011.
____________________

Benefícios – O Hoje em Dia teve acesso a documentos que apontam que o salário bruto de Tosto poderia chegar a R$ 46 mil. Depois das deduções esse vencimento alcançaria R$ 34 mil.

Caneta na mão – O superintendente fazendário tem o “poder da caneta” nas mãos. Ele pode cassar ou conceder regimes de tributação, pode nomear delegados, coordenadores […] Leia mais

Leia também:

Benefícios fiscais no Brasil com um Fisco generoso

MG – tráfico de influência, improbidade administrativa e abuso de poder

Ipea pede mais transparência na concessão de renúncias fiscais