Escola pública

João Francisco Neto

Nos idos dos anos 1960, as escolas públicas ainda gozavam de grande prestígio, pois ofereciam ensino sólido e de boa qualidade. E não eram só os colégios das grandes cidades, não; o nível era bom mesmo nas pequenas localidades. Até aquela época, o poder público tinha uma real preocupação com a estrutura das escolas e a capacitação dos professores, que, ademais, eram bem remunerados e também gozavam de respeito e reconhecimento público. Ainda hoje, pode-se notar que os antigos prédios das escolas são construções grandiosas e bem instaladas, como que a demonstrar a todos a importância que deveria ter um estabelecimento de ensino.

É bem verdade que grande parte da população não tinha acesso às escolas; todavia, era notória a satisfação dos alunos que porventura tinham o privilégio de se encontrar matriculados naquelas escolas públicas. No Interior havia poucas escolas particulares, que, por sinal, não eram muito bem vistas, pois as escolas públicas eram muito rigorosas e, como se dizia, não “passavam a mão na cabeça” do aluno; para serem aprovados, todos tinham de estudar, mesmo. Nem os pais e nem os alunos reclamavam dos métodos e critérios rigorosos aplicados, pois todos sabiam: a escola era um lugar de estudo e aprendizagem. Hoje, as coisas mudaram muito e, infelizmente, para pior, como todos podem ver […] Leia o artigo completo

Tags:

PARTICIPE, deixando sua opinião sobre o post:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: