Sonegação: O crime que compensa, no Brasil

Empresário sonega R$ 900 mil e é “condenado” a serviços à comunidade e multa de R$ 7 mil

A Justiça Federal condenou o empresário Moacyr João Beltrão Brêda, representante legal da construtora Meta Empreendimentos Imobiliários, pelo crime de prática de sonegação de contribuição previdenciária. O Ministério Público Federal (MPF) em Alagoas foi o responsável pela denúncia.

De acordo com a ação do MPF, durante o período de janeiro 1999 a outubro de 2003, Moacyr Beltrão suprimiu e reduziu a contribuição social previdenciária, por meio da inserção de elementos inexatos e omissão de informações que deveriam constar nos livros contábeis da empresa.

O prejuízo causado ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) é de quase R$ 900 mil. Os débitos chegaram a ser parcelados em janeiro de 2006, mas de acordo com a Receita Federal, não foram quitados […] Leia mais

Leia também:

Condenado por sonegação fiscal

Fraude milionária no ICMS

Tags:

One Comment to “Sonegação: O crime que compensa, no Brasil”

  1. Aqui nesse país pode tudo! Vivemos uma crise moral e ética sem precedentes! Infelizmente o caso em questão serve para reforçar a tese de que no Brasil o crime realmente compensa! O exemplo vem de cima… hoje em dia, para escapar de um processo ou condenação, basta apenas se fazer de vítima ou de desentendido.

PARTICIPE, deixando sua opinião sobre o post:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: