Archive for dezembro 6th, 2012

dezembro 6, 2012

Governador retalia articulista do BLOG do AFR

amadeurobsonO preço da livre manifestação em defesa da categoria

O BLOG do AFR se solidariza com o colega paraibano Amadeu Robson M. Cordeiro, que sofre retaliação por parte do Governador da Paraíba Ricardo Coutinho, com a demissão de seu filho da Procuradoria Geral do Estado, por fazer uso do direito à liberdade de expressão, assegurado pela Constituição Federal,.

Amadeu escreve artigos para diversos veículos de comunicação, nos quais expressa opinião sobre diversos assuntos, inclusive em defesa da categoria profissional a que pertence, o Fisco. As palavras de Amadeu devem ter incomodado o Governador Republicano. Autoritarismo não combina com democracia […] Leia mais

dezembro 6, 2012

O lendário cavalo do secretário

carlospeixotomCarlos H. Peixoto

Era uma pessoa asinina, do signo de sagitário, metade gente metade cavalo. Se lhe chamavam pelo nome, o homem soltava fogo pelas ventas. Um dia, falou-lhe o Imperador das Minas:

— Tu vais para Brasília. Prepara-te, até o final do ano serás nomeado Secretário.

E foi assim que um rico proprietário de lavras, cansado da incompetência de seus trezentos assessores, resolveu nomear para Secretário da Fazenda um cavalo engravatado. De todas as qualidades imagináveis em um cavalo, a esse nomeado Secretário só faltava relinchar, porque falar, ele já falava, como se habitasse uma fábula entre os homens. Relinche?

Ao contrário da música de Caetano “Vaca Profana”, poucos diriam que de perto o Secretário era um cavalo, de tão fino e educado que o elemento era no trato. Casado, esposa diabética e uma filha psicóloga, a primeira aquisição do novo Secretário, um mês depois de empossado, foram quatro ferraduras de prata.  Duas ou três vantagens de se ter por Secretário um cavalo: o cavalo come capim e não reclama. O cavalo dorme em cama de palha e não veste terno Armani. O cavalo não bebe Brahma […] Leia a crônica completa

Leia também:

Progepi ameaça autonomia em Minas

Fiscais mineiros não aceitam o Progepi

PROGEPI – Por que controlar os servidores?

Tags:
dezembro 6, 2012

Charles Alcântara faz incursão nas unidades fiscais do Pará

charlesalcantaraPrezados colegas do fisco estadual do Pará,

De 26 a 30 de novembro uma delegação do Sindifisco fez uma incursão no sul e sudeste do Pará. Foi pouco tempo se considerarmos o vasto território e a extensa rede de unidades fiscais existente naquela região. Precisávamos de mais tempo, precisávamos percorrer mais quilômetros. Mas o que vimos foi o bastante. Confesso-lhes que me senti profundamente envergonhado com o que vimos e ouvimos.

O que vimos não é novidade, não é de hoje, nem de agora. É de muito tempo. Como fomos capazes de ignorar uma situação que perdura há anos e que se agrava a cada dia? Eu mesmo sabia da precariedade de várias unidades fiscais da capital e principalmente do interior. Meu Deus, como pude ser tão descuidado como presidente do Sindifisco?

Mas uma coisa são as péssimas condições de trabalho a que muitos colegas estão submetidos, e outra coisa bem diferente são as condições degradantes que constatamos em nossa breve incursão […] Leia mais

Leia também:

Agora é lei: governador sanciona a Lei Orgânica do Fisco do Pará