A luta sindical é guerra

Francisco das Chagas Barroso

Me permitam os colegas leitores deste respeitável blog, neste momento oportuno, de relatar uma vivência sindical a constituir uma evidência de que só se faz respeitar aquela entidade sindical que realiza enfrentamentos, se impõe, seja em mobilizações de greves, operações padrão, etc., seja em formas de denúncias contra os gestores corruptos.

O ano era 1996 – ano de muita luta no âmbito dos servidores da Justiça Federal (TRE, TRF e TRT) para aprovar o plano de cargos e salários pretendido. Naquela época, Técnicos, Auxiliares e Atendentes Judiciários, hoje, Analistas e Técnicos Judiciários, se mobilizavam em todo o Brasil.

Conquistas ocorreram para a categoria, principalmente a justa recomposição salarial gradual ao longo dos anos seguintes e as gratificações, até se consolidar como carreiras mais bem pagas e valorizadas do país. Naquele mesmo ano, morando em Cuiabá-MT, no cargo de Auxiliar Judiciário, do Tribunal Regional Eleitoral, quando ainda acreditava ingenuamente na luta sindical de base, ajudava o denominado SINDIJUFE – Sindicato dos Servidores da Justiça Federal, que representava o TRE, TRF e TRT a brigar – isso mesmo, brigar com o Presidente do TRE/MT, à época. Tratava-se de um desembargador arrogante, ditador e insensível. Desprezava seus servidores e nem sequer recebia o sindicato para dialogar […] Leia o artigo completo

Tags:

PARTICIPE, deixando sua opinião sobre o post:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: