Archive for agosto 28th, 2012

agosto 28, 2012

Concurso Auditor Fiscal – Paraná

100 vagas com remuneração inicial de R$ 11 mil

EDITAL Nº 095/2012 – A DIRETORA DO DEPARTAMENTO DE RECURSOS HUMANOS DA SECRETARIA DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO E DA REVIDÊNCIA – SEAP (…) resolve tornar público o presente Edital, por meio do qual estabelece normas para a realização de Concurso Público de Provas e Títulos para o preenchimento de 100 (cem) vagas autorizadas para o cargo de Auditor Fiscal “A”, integrante da carreira de Auditor Fiscal da Coordenação da Receita do Estado – CRE.

Requisito/escolaridade: Curso Superior de Graduação em qualquer área.
Remuneração inicial: R$ 11.046,64
VAGAS:
85 (oitenta e cinco): Ampla concorrência
5 (cinco): Reserva para pessoas com deficiência
10 (dez): Reserva para afrodescendentes

Data da realização da Prova Objetiva 1 (P1), em 21 de outubro de 2012

Leia o Edital

Tags:
agosto 28, 2012

Fiscais da Receita fazem manifestação em Viracopos

Proposta do Governo veta reivindicação salarial nos próximos três anos, independente da inflação futura

Após rejeitarem a proposta do Governo de reposição salarial de 15,8% a ser concedida em três parcelas de 5% entre 2013 e 2015, auditores fiscais da Receita Federal realizaram na manhã dessa terça-feira (28), no Aeroporto de Viracopos, uma manifestação. Cerca de 100 pessoas participaram da manifestação com planfletagem no saguão do terminal de passageiros. A manifestação durou mais de 2 horas e os fiscais da Receita Federal de Campinas e região utilizaram cartazes para explicar aos passageiros o motivo pelo qual estão em greve […] Leia mais

agosto 28, 2012

É mais fácil culpar o servidor público

Lucia Reis

Praticamente todos os setores do serviço público federal ou estão em greve, ou realizando operações padrão com paradas periódicas, a fim de demonstrar ao Poder Executivo sua plena insatisfação não só com salários, como também com condições de trabalho. A grande imprensa, que podia amenizar essa situação ouvindo os servidores e informando o público sobre as razões que os levaram a recorrer à greve, que é uma medida extrema, ao invés de exercer esse papel procura jogar a população e o governo contra os servidores.

A imprensa dá a entender que o servidor público é o grande vilão. Todavia, se existe um vilão este é o governo, que se mostra incapaz de resolver a situação, esforçando-se por atender às reivindicações justas do funcionalismo, como melhoria de condições de trabalho, fim da contribuição previdenciária dos aposentados e correção dos salários de acordo com a inflação.

O governo simplesmente cruza os braços e nada faz. Se o governo tivesse se adiantado, calculando como, quando e onde poderia atender às reivindicações dos servidores sem estourar o orçamento e sem comprometer seus programas, as greves teriam sido evitadas, mas nesse particular a imprensa se omite, fingindo que apoia a presidente Dilma Rousseff quando se trata de fustigar os servidores. O pior é que efetua comparações com base em dados irreais para afirmar que o setor público paga melhor do que o privado. Trata-se de uma meia verdade bastante prejudicial ao correto entendimento da questão salarial […] Leia mais