Big Brother na Sefaz do Ceará

Retrocesso: Administração Fazendária insiste na implantação das câmeras de vigilância e não valoriza capacitação

Na noite da última quinta-feira (22), diretores do Sintaf e representantes da Administração da Sefaz se reuniram na sede da instituição para mais uma rodada da Mesa de Negociação Permanente (MENP Setorial), desta vez com a participação do Secretário da Fazenda, Mauro Filho. Na ocasião, o secretário adjunto, João Marcos Maia, defendeu a instalação das câmeras de vigilância nas salas de trabalho da Sefaz, com o apoio do Secretário.

Diretores do Sintaf reiteraram enfaticamente os argumentos contrários à implantação dos equipamentos, a exemplo do constrangimento aos servidores, possibilidade de vazamento de informações, custo alto e desnecessário, dentre outros. No entanto, a Administração Fazendária afirmou que as câmeras são uma “ferramenta gerencial” e que “já estão dando resultados”. Indagado sobre que resultados seriam esses, o secretário Mauro Filho não citou nada de concreto […] Leia mais

Leia também: 

Big Brother em Minas – preocupação maior em controlar o fiscal do que o sonegador

6 Comentários to “Big Brother na Sefaz do Ceará”

  1. Só umas perguntinhas pueris que seria bem interessante fossem pesquisadas e investigadas pelo Sintaf:
    1) Quantas câmeras foram instaladas nas salas do Secretário Adjunto e do Secretário da Fazenda? Nenhuma…?
    2) As câmeras captam também o som? Se sim, isso é mais grave do que grampo telefônico…
    3) Quem será incumbido de analisar as imagens?
    4) Quanto custaram as câmeras e em quanto montam os contratos de manutenção e assistência técnica?
    5) Qual a relação entre os sócios da empresa fornecedora das câmeras e os membros do governo? A empresa figura no rol das que contribuíram para a última campanha do governador?

  2. rsrsrsrsrsrsrs…

    Está aparecendo mais cedo do que eu esperava…

  3. Isso é uma vergonha. Enquanto os politicos tipo Demostenes, com foro privilegiado tenta desmoralizar as provas contundentes contra ele e existem muitos outros politicos do mesmo nível, pessoas de bem são tratadas como
    deliquentes. É esse o Brasil que queremos? Não, não é.
    Esse pessoal pretende colocar os que trabalham com seriedade no nivel dos corruptos. Esses fincionários precisam ser valorizados e não colocados em vala comum. Protesto e espero que esses email de protestos lotem essas páginas.

  4. As perguntas 01 e 05 do Valente são muito boas!!!!

  5. Sem dúvida, com o nível de pessoas que estão gerenciando os estados e este país, caminhamos celeremente para o apocalipse!
    Logo mais à pergunta: “por quem os sinos dobram?” , o povo bradará: “dobram por tí, Brasil!”

  6. Nada relevante é feito na administração pública sem que os donos do poder autorizem e/ou resultem de seus próprios interesses, inclusive a confusão e a desordem.
    Pode escrever: Essas gravações podem se tornar tiros no pé deles mesmos.
    A CPI do Cachoeira talvez mostre um pouco disso.
    Aliás, ouvi dizer ontem na TV que ele tem arquivo de gravações dos últimos 10 anos com os donos do poder.

PARTICIPE, deixando sua opinião sobre o post:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: