Tudo resolvido? Agora vai?

Teo Franco

Após dois encontros do Conselho de Representantes podemos esperar que, agora em Março, a Agenda 2012 tenha início.

Na primeira reunião (11) “O Conselho do Sinafresp, decidiu suspender a realização do primeiro Congresso Estadual do Fisco Paulista (Conefip) … ponderaram sobre a conveniência de a classe concentrar seu foco e seus esforços na mobilização da categoria neste ano.”

Na reunião de ontem (25), aprovou um plano de mobilizações para 2012 e o início de ações destinadas a buscar o atendimento das demandas da classe. Também decidiu manter o elenco de reivindicações aprovado pela categoria na AGE de 18 de junho de 2011, a começar pela PEC, extinção do Nível Básico, revisão da LC 1.059/2008, Lei Orgânica do Fisco, e outras. O Conselho de Representantes concluiu que não haverá necessidade de ser convocada agora AGE para deliberar sobre os pleitos da categoria. Na oportunidade, os diretores assinaram um compromisso de trabalharem em conjunto (sic) pelas reivindicações.”

Embora com desarmonia crônica na cúpula do sindicato, mesmo com o esforço do Conselho para administrar os conflitos, a chamada de uma AGE (centralizada) seria de vital importância para reavaliação da disposição e percepção do interesse dos filiados em participar efetivamente das “mobilizações”. Agora com previsão no novo Estatuto, poderia ser convocada ao menos uma AGE Regional, que facilita sobremaneira, economizando o deslocamento, para que decisões pontuais sejam deliberadas diretamente por parte dos seus filiados. A urgência para o início das “mobilizações”, não serve de justificativa para a não realização de AGE, pois, no espaço de 60 dias, desde o início do ano, era tempo mais que suficiente para a realização da mesma.

O mínimo que se espera para um real despertamento e efetivo avanço de uma organização sindical é que aja, ao menos no início de cada ano, um Balanço Geral e amplo debate aberto.

O primeiro passo (seria): OUVIR OS SEUS FILIADOS EM ASSEMBLÉIA GERAL!

De outra forma, não se poderá lamentar a baixa adesão e “falta de comprometimento” dos AFR’s. Enquanto as Escolas de Samba já iniciam os preparativos para o desfile de 2013, por aqui se pretende energizar a categoria e colocar o bloco na rua, para, em muito pouco tempo (até junho) atingir todos os entes envolvidos e alcançar as inúmeras reivindicações através da “MOBILIZAÇÃO”…

Leia também:

O STF, o Sinafresp e a transparência

SINAFRESP – Presente e Futuro (requer senha: aqui)

Tags:

PARTICIPE, deixando sua opinião sobre o post:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: