TJ mantém corte de supersalarios de procuradores da Ales

Procuradores da Assembleia Legislativa do Espirito Santo sofreram uma nova derrota

A Quarta Câmara Cível negou provimento ao recurso contra a liminar da primeira instância que suspendeu, em abril do ano passado, o excedente dos vencimentos dos funcionários. A ação popular sobre o salário dos procuradores foi movida pelo servidor aposentado da ALES Dalmo Soares Lora contra um ato irregular do ex-presidente da Casa Élcio Álvares (DEM), que reajustou o salário dos procuradores do Legislativo, procuradores Júlio Cesar Bassini Chamun e Nilton Escopelle Gomes, sem a assinatura dos demais membros da Mesa. No Tribunal de Justiça, o desembargador Telêmaco Antunes de Abreu Filho, relator do processo, negou o pleito dos procuradores.

Os ministros do Supremo recebem R$ 26.723,13 por mês, enquanto o subprocurador-geral da Assembleia chega a ganhar R$ 28 mil e o procurador-geral, Julio Chamum, R$ 24 mil. Na época do reajuste, os vencimentos mensais ganharam a mídia porque os vencimentos da dupla eram superiores aos de todos os deputados, que ganhavam em torno de R$ 12 mil. A peleja começou em abril de 2010, quando o subprocurador solicitou a atualização dos valores do “teto salarial” limitador de sua remuneração, face à alteração do mesmo, conforme a Lei nº 12.041, de 08/10/2009, que tratava do reajuste nos salários dos ministros do Supremo […] Leia mais

Leia também: 

Os marajás da Assembleia do Espírito Santo

Procuradores da Prefeitura de SP tem supersalários

PARTICIPE, deixando sua opinião sobre o post:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: