Fiscais mineiros não aceitam o Progepi

Resta à Administração recuar na iniciativa, ou oferecer contrapartida que preserve a segurança funcional, a autonomia e a produtividade dos AFREs

Historicamente, a posição do SINDIFISCO-MG sempre foi contrária ao Progepi. Logo após a posse da atual diretoria, em dezembro de 2009, a primeira iniciativa nesse sentido, foi esclarecer o tema à categoria. Assim, foram publicados comunicados, informes e realizadas reuniões que culminaram na assembleia geral realizada em 17 de março de 2010. Nessa ocasião, a categoria fiscal, que já havia manifestado sua rejeição ao Progepi, reafirmou sua posição de enfrentamento à implantação do sistema. E é, com esse objetivo que, desde então, têm sido implementadas ações nos âmbitos político, administrativo e judicial.

Confira o histórico da luta contra o Progepi

Assim, temos conseguido impedir a implantação do sistema, em função de seu não preenchimento pela maioria dos servidores. Embora essa não seja a forma mais eficaz de enfrentamento, entendemos que o não preenchimento é uma maneira de manifestar o protesto, a indignação e a insatisfação da categoria, informando à SEF/MG que não aceitamos um instrumento que, pretensa e equivocadamente, visa “medir” a produtividade dos auditores fiscais. Afinal, como é possível informar percentuais de cumprimento de visitas técnicas, auditoria de custos e análise de documentos? Ou quanto vale uma intimação para apresentação de arquivos eletrônicos relativos à escrita contábil? […] Leia mais

PARTICIPE, deixando sua opinião sobre o post:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: