Alckmin quer teto de servidor igual ao do INSS

Para gerir os recursos, está sendo criada a SP Prevcom, que seguirá as regras de mercado dos fundos de pensão

São Paulo é o primeiro estado do país a lançar um plano de previdência complementar e utilizar o teto do regime geral da Previdência como valor máximo para o pagamento da aposentadoria a seus servidores. O projeto de lei que altera o regime previdenciário do estado foi encaminhado nesta quarta-feira à Assembleia Legislativa pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB). As mudanças não atingirão os servidores atuais, apenas os que ingressarem no serviço público após a publicação da lei.

A adesão será opcional – A regra é simples: os servidores que ingressarem no novo modelo terão o pagamento do benefício assegurado até o limite do regime geral da Previdência, cujo teto atual é de R$ 3.691,74. Os que ganharem acima desse valor e quiserem garantir uma aposentadoria igual ao último salário da ativa deverão contribuir com a Previdência Complementar para receber a diferença. A cada R$ 1 pago pelo servidor, o estado contribuirá com R$ 1. Para alcançar a aposentadoria integral, o funcionário deverá contribuir com 7,5% do valor correspondente à diferença entre o teto da Previdência e seu salário, limite máximo da contribuição do estado. O servidor poderá contribuir com percentuais mais altos, mas sem a contrapartida.

Segundo Alckmin, os profissionais que pensam em se tornar servidores públicos podem desistir, porque os benefícios serão menores.

Para o presidente da Associação dos Funcionários Públicos do Estado de São Paulo, Antonio Luiz Ribeiro Machado, este projeto pode mudar a dinâmica das aposentadorias das carreiras típicas de estado, em órgãos que necessitam de profissionais com preparo técnico e específico, a exemplo da Justiça, das universidades e da Fazenda […] Leia mais 

One Comment to “Alckmin quer teto de servidor igual ao do INSS”

  1. Enquanto o povo não souber votar,vamos ler ignorâncias como esta.O cidadão estuda para prestar um concurso e ter melhores condições quando se aposentar,para fugir do INSS e depois ler uma noticia dessas fica pensando aonde que eu errei.São vinte anos sem que voce tenha o prazer de ver uma Placa no estado de Uma obra financiada e projetada pelo estado,eles só vendem as autarquias, a SABESP esta durando muito,mas dizem que tem uma parte já vendida.A Ganância é tão grande que pensavam que não ganhariam as eleções ai renovaram os contratos dos pedágios.Venderam a Caixa, venderam a folha do estado só falta agora a Sabesp e uma parte da CESP.O inferno tem um lugar reservado para esses canalias.

PARTICIPE, deixando sua opinião sobre o post:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: