Archive for fevereiro 18th, 2011

fevereiro 18, 2011

STF – Acerto de contas para aposentados

17 fev 2011

Acórdão – STF

Prejudicados por emendas que mudaram teto de contribuições podem receber até R$ 1,5 bi em atrasados retroativos a 5 anos – Marinella Castro

O Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) promete divulgar hoje nota oficial sobre acórdão do Supremo Tribunal Federal (STF), que reconhece o direito ao pagamento de atrasados, retroativos aos últimos cinco anos, aos aposentados prejudicados pelas emendas 20/1998 e 41/2003. As emendas mudaram o teto da contribuição, prejudicando os segurados que pagavam sobre os valores máximos.

Fonte: Estado de Minas

Tags: ,
fevereiro 18, 2011

Sempre a classe média…

Classe média emergente põe pressão sobre infraestrutura no Brasil, diz ‘FT’
Os recentes episódios de apagões registrados em várias regiões do Brasil são uma indicação de que a infraestrutura do país pode estar sendo pressionada pelo aumento da demanda gerado pela classe média emergente, segundo afirma reportagem publicada nesta quinta-feira pelo diário econômico britânico Financial Times.

Fonte: BBC Brasil

REFLEXÃODiálogo entre Colbert e Mazarino, durante o reinado de Luís XIV

• Colbert: Para encontrar dinheiro, há um momento em que enganar já não é possível. Eu gostaria, Senhor  Superintendente, que me explicasse como é que é possível continuar a gastar quando já se está endividado até ao pescoço…

• Mazarino: Se se é um simples mortal, claro está, quando se está coberto de dívidas, vai-se parar à prisão. Mas o Estado… o Estado, esse, é diferente!!! Não se pode mandar o Estado para a prisão. Então, ele continua a endividar-se… Todos os Estados o fazem!

• Colbert: Ah sim? O Senhor acha isso mesmo ? Contudo, precisamos de dinheiro. E como é que havemos de o obter se já criámos todos os impostos imagináveis?

• Mazarino: Criam-se outros.

• Colbert: Mas já não podemos lançar mais impostos sobre os pobres.

• Mazarino: Sim, é impossível.

• Colbert: E então os ricos?

• Mazarino: Os ricos também não. Eles não gastariam mais. Um rico que gasta faz viver centenas de pobres.

• Colbert: Então como havemos de fazer?

• Mazarino: Colbert! Tu pensas como um queijo, como um penico de um doente! Há uma quantidade enorme de gente entre os ricos e os pobres: os que trabalham sonhando em vir a enriquecer e temendo ficarem pobres. É a esses que devemos lançar mais impostos, cada vez mais, sempre mais! Esses, quanto mais lhes tirarmos mais eles trabalharão para compensarem o que lhes tirámos. É um reservatório inesgotável.

da peça de teatro Le Diable Rouge, de Antoine Rault

Colaboração de Edison Farah

fevereiro 18, 2011

Campanha institucional do Sindafep

A iniciativa tem como objetivo promover a valorização da categoria fiscal junto à população e aos órgãos governamentais. Os auditores fiscais são os profissionais responsáveis por arrecadar e fiscalizar o pagamento dos impostos estaduais e coibir a sonegação fiscal. A realização desse trabalho assegura que os recursos necessários para o financiamento de políticas públicas cheguem aos cofres públicos e possam viabilizar ações em diversas áreas, como educação, saúde, segurança, transporte e infraestrutura.

A valorização dos profissionais e do trabalho de auditoria também intenciona colaborar na promoção da educação fiscal da população paranaense, pautada na conscientização sobre a importância de combater a sonegação e que se tenha a noção da importância da correta aplicação dos recursos públicos.

Áudio

Fonte: Sindafep

fevereiro 18, 2011

Edital Auditor Fiscal-RJ 2011

10 fev 2011

São oferecidas 100 vagas no cargo, com a remuneração inicial de R$ 9.885,40. A prova será realizada em 17 e 21 de abril, pela FGV. Requer curso nível superior em qualquer área.

Inscrições de 14 de fevereiro a 16 de março. Taxa de R$ 150.

Site da FGV www.fgv.br/fgvprojetos/concursos/sefaz11