Archive for janeiro 26th, 2011

janeiro 26, 2011

Protegido: Novo Salário – Comparativo

Este conteúdo está protegido por senha. Para vê-lo, digite sua senha abaixo:

Tags:
janeiro 26, 2011

Desafios do líder

Opinião

O líder de uma organização, deve investir no aperfeiçoamento do seu papel, tem que ter franca habilidade no manuseio e na administração de pessoas com vistas a trabalhar em equipe, ser flexível, idôneo, ter confiança, autocontrole, bom humor, empenho, etc. Estas exigências, a bem da verdade, não são só dirigidas aos que exercem função de comando, muito pelo contrário, são demandas feitas a todos aqueles que pretendam ter uma carreira sólida e pouco sujeita a contratempos.
O mundo moderno trouxe vários desafios para todos os profissionais de uma maneira geral. Porém, para os líderes cabem alguns desafios um tanto diferenciados e específicos que devem ser ressaltados:

1. Assegurar um ambiente de trabalho seguro e motivador;

2. Investir em educação e gestão do conhecimento;

3. Conseguir trazer para a organização os profissionais mais talentosos, bem como retê-los;

4. Administrar uma estrutura de benefícios compatível com a realidade da organização e/ou do mercado que opera;

5. Cuidar da cultura organizacional, da ética, dos valores, do endomarketing, etc.

Blog do AFR

Tags:
janeiro 26, 2011

Tabela IR – Negociações sem abrir mão

Antes mesmo de se sentarem à mesa com o governo, as centrais sindicais afirmam que não vão aceitar negociar um salário mínimo mais baixo para obter o reajuste da tabela do Imposto de Renda.

O presidente da FENAFISCO, Manuel Isidro Neto, lembra a correção da tabela é mais importante para a classe média:

— Quem tem salário de R$ 3.800 desconta o mesmo percentual daquele que ganha R$ 100 mil. Deveria haver uma diferença entre eles.

http://extra.globo.com/noticias/economia/imposto-de-renda/ir-2011-correcao-da-tabela-pode-deixar-500-mil-contribuintes-isentos-927667.html

janeiro 26, 2011

Serra e Kassab cortaram verbas contra enchentes

CPI conclui que enchentes em São Paulo foram provocadas por corte de verbas

Os vereadores José Américo (PT) e Adilson Amadeu (PTB), criticaram os cortes nas verbas destinadas ao combate às enchentes realizados pelos governos de José Serra (PSDB) e Gilberto Kassab (DEM), no governo do Estado e na Prefeitura de São Paulo. Em artigo assinado pelos dois vereadores, que participaram da CPI das Enchentes concluída em 20 de dezembro de 2010, denunciaram que “Serra cortou o quanto pôde – em 2009, gastou menos que a metade dos R$ 188 milhões previstos para o Alto Tietê e, em 2010, reduziu o orçamento do Estado em R$ 51 milhões”. “Kassab seguiu os passos de seu aliado e cortou sem dó. A partir de 2006, ele investiu só 70% do valor orçado na média anual. De total de R$ 1,604 bilhão previsto para cinco anos, a Prefeitura deixou de aplicar nada menos que R$ 423 milhões, destacaram”.

http://www.horadopovo.com.br/2011/janeiro/2929-21-01-2011/P4/pag4b.htm

Tags: