Archive for dezembro 19th, 2010

dezembro 19, 2010

Gerdau (MBC), virtual ministro, vai ajudar Dilma

Gerdau vai ajudar Dilma a aperfeiçoar a gestão pública

Jorge Gerdau (na foto em meio aos microfones), presidente do conselho de administração do Grupo Gerdau, esteve nesta quinta-feira com a presidente eleita, Dilma Rousseff – de quem é amigo e admirador -, para falar de gestão pública.

Cotado para assumir um ministério na Esplanada em 2011, o empresário apresentou à sucessora de Lula uma série de ideias e projetos que podem contribuir para o aperfeiçoamento dos processos na administração pública federal. Como todos sabem, Gerdau está à frente do Movimento Brasil Competitivo (MBC), um organismo dos mais competentes e dedicados na busca pela nobre arte de fazer mais com menos.

Gerdau disse que vai colaborar com o governo, mas descartou assumir posição executiva, ou seja, não será ministro de coisa alguma. Sua experiência e vitalidade serão aproveitadas de outra forma. Ele foi convidado por Dilma para coordenar um comitê de gestão dedicado a encontrar soluções criativas, baratas e eficientes para impulsionar avanços nas áreas de Saúde e Educação públicas, principalmente, e na oferta de melhores serviços ao cidadão.

Leitor assíduo do Blog do Servidor, Gerdau disse ao blogueiro, após uma reunião pra lá de animada do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES), o ‘Conselhão’, que a configuração e a abrangência do tal comitê ainda serão decididas. E mandou um recado à audiência: “A gestão pública no Brasil é uma agenda que veio para ficar”.

http://www.dzai.com.br/servidor/blog/servidor?tv_pos_id=72126

dezembro 19, 2010

Ipea analisa diferença de salários públicos e privados

(14/12/2009 – 12:43) Nível de instrução é um dos principais fatores para a diferença de 56% no salário médio a favor do setor público (todas as esferas de governo)

Divulgado nesta segunda-feira, dia 14, o Comunicado da Presidência nº 37: Salários no Setor Público Versus Salários no Setor Privado no Brasil apresenta os condicionantes para a disparidade de vencimentos entre essas áreas e elementos importantes para discussão do tema.

O estudo mostra como, em 2008, o salário médio no serviço público era 56% maior que no setor privado. Em 1998, a diferença era de 33%. Estes dados são calcados nas informações da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Essa diferença se explica principalmente pelo perfil dos ocupados segundo o grau de instrução. Cerca de um terço dos trabalhadores no setor público tem nível superior completo, enquanto no setor privado, em 2008, esse número era de 11,4%.

Na outra ponta do espectro, por exemplo, o setor privado empregava, em 2008, 27,7% de pessoas com o ensino fundamental incompleto e 17,8% com o fundamental completo. Na administração pública, havia 22% de empregados com até o fundamental completo.

Comparação internacional

Para a formulação dos dados e de forma a evitar distorções nos resultados, foram considerados apenas empregados assalariados, com idade entre 25 e 59 anos, e contribuintes da previdência.

O Comunicado da Presidência nº 37 também mostra que a disparidade entre salários no setor público e privado no País não difere da de outros países, assim como o peso do gasto do governo central com o funcionalismo no total de gastos do governo federal.

Veja o quadro:

fonte: http://agencia.ipea.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=511

Tags: ,